Fobia financeira: pavor e dificuldade de lidar com o dinheiro

Segundo especialistas, recomenda-se procurar um consultor financeiro para ensinar o cidadão a se planejar e a fazer melhores escolhas

0
417
Caucasian woman with invoice bills

Sentir medo de algo é comum, mas quando se torna exagerado é hora de “ligar o alerta”. Principalmente quando esse problema está atrelado à sua vida financeira. Se recusar a abrir o aplicativo do banco para consultar o saldo disponível na conta bancária ou até mesmo evitar acompanhar a fatura do cartão de crédito pode ser sinal de fobia financeira.

Falar sobre dinheiro deve ser visto como algo corriqueiro desde a infância e não um tabu. E, por isso, a iniciação à educação financeira pode partir de dentro de casa, entre pais e filhos, e se estender até às escolas. Trabalhar esse tema forma adultos mais conscientes, responsáveis e seguros de si na hora de lidar com a vida financeira.

Para André Goulart, Gerente de Relacionamento e Negócio da Cooperativa Únilos, é importante que desde a escola os jovens já tenham acesso a assuntos relacionados à educação financeira. Isso porque constroem a autoconfiança e fazem melhores escolhas. “Precisamos atrelar à educação financeira a comunicação. É imprescindível superar o tabu de falar sobre dinheiro. Seja na escola, seja em casa, precisamos trabalhar para que as pessoas não tenham medo de lidar com o dinheiro e, mais importante do que isso, tenham responsabilidade e saibam organizar as suas finanças”, comenta André.

Por falta de conhecimento e segurança muitas pessoas acreditam que lidar com o dinheiro seja complicado. Mas não é! Diariamente ele faz parte da nossa vida e nada melhor do que buscar uma educação financeira a fim de facilitar esse processo e aprender a usá-lo da melhor maneira. Não importa a faixa etária, é válido buscar cursos que abordem o assunto para criar uma relação favorável às finanças.

No blog do Sistema de Cooperativas de Crédito – Ailos há sugestões de cursos que vão desde investimentos no mercado financeiro até matemática básica e gestão de finanças pessoais. Para complementar, trouxemos algumas vantagens desse aperfeiçoamento. Veja só!

  • maior qualidade de vida: ao aprender a utilizar o dinheiro, é possível levar uma vida mais tranquila e sem preocupações. Como resultado, há melhorias na saúde mental, emocional e até física, já que o estresse pode desencadear doenças;
  • maior qualidade de consumo: com uma educação financeira, o consumo se torna mais sadio, consciente e inteligente. Assim, as compras supérfluas diminuem e o foco passa a ser a qualidade e boas experiências;
  • melhor valor do dinheiro: todos os rendimentos são obtidos por meio de muito esforço e trabalho. Então, cada centavo adquirido deve ser valorizado. Quando se tem uma boa educação financeira, essa conscientização vem facilmente;
  • possibilidade de realizar sonhos: a educação financeira proporciona às pessoas as ferramentas necessárias para realizar sonhos. Comprar um carro, fazer uma viagem, ou fazer um novo curso. Mesmo que leve tempo, tudo isso é alcançável.

Para quem quiser aprender sem custo, de forma rápida e fácil, o PROGRID é uma excelente alternativa. A plataforma oferece periodicamente diversas opções de cursos para cooperados e não cooperados. Acesse www.progrid.coop.br.

Saiba mais sobre a Únilos
Com 25 anos de atuação, a Cooperativa de Crédito da Grande Florianópolis possui mais de R$ 200 milhões em ativos e oito unidades de atendimento, nas cidades de Florianópolis, São José e Palhoça. Além de soluções financeiras, a Únilos está ativa na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. A Cooperativa faz parte do Sistema Ailos, com mais de 1,3 milhão de cooperados nos três estados do Sul do Brasil.