Atletas de Florianópolis representam o Brasil no Mundial de TEQBALL

Matheus e Rodrigo, do Desafio nas Alturas, são a única dupla masculina brasileira no campeonato

0
96
Divulgação Desafio nas Alturas

Matheus Ferraz e Rodrigo Medeiros são a melhor dupla masculina brasileira de Teqball. Eles ocupam a 17ª posição no Ranking Mundial da modalidade. Os atletas do Desafio nas Alturas, jogam juntos há três anos, e já colecionam vários títulos. O mais recente foi em outubro, o Qualify Mundial de Teqball, em Fortaleza, quando conquistaram a única vaga do Brasil de dupla masculina para participar do Teqball World Championships, ao vencer dois dos melhores jogadores do Brasil, Davi e Luiz. Dezoito duplas de várias partes do país disputaram a vaga na capital cearense.

“Foi mais um momento muito emocionante na minha carreira. Todas as duplas do Brasil evoluíram muito nesse ano de 2022 e o nível da competição em Fortaleza estava muito alto, foi difícil, mas conseguimos, novamente”, conta emocionado Matheus. Rodrigo conta que esse foi objetivo definido no início do ano pela dupla. “Treinamos o ano inteiro pensando nisso e no final conquistar essa vaga, foi incrível. Sensação de que todo o esforço valeu a pena”.

Esta é a segunda vez consecutiva que Matheus e Rodrigo vão representar o Brasil no Mundial de Teqball. No ano passado, eles participaram do campeonato realizado na Polônia, e conquistaram o 4º lugar, entre mais de 30 países. “Foi uma experiência incrível, primeira vez representando minha nação, jogar contra as melhores duplas do mundo, um nível que nunca tínhamos visto antes. Esse campeonato foi fundamental para evoluir nosso jogo e conhecer mais o estilo de jogo de outros países”, relata Matheus.

Rodrigo completa. “Para todos os atletas, chegar em um Mundial e poder representar o país é um dos momentos mais grandiosos da carreira. O evento da Teqball é muito grande e ter ficado entre os quatro foi incrível, deixando com gostinho de quero mais”.

Matheus e Rodrigo treinam todos os dias, com apenas um dia de folga na semana, geralmente domingo, quando não estão em algum campeonato. A história na Alemanha eles começam a escrever a partir do dia 20 de novembro, quando embarcam rumo a Nuremberg, cidade que vai sediar o Mundial entre os dias 23 e 27 de novembro. “Estamos muito confiantes e preparados. Evoluímos muito desde o ano passado e estamos sonhando com o título mundial. Sabemos que não será fácil e que teremos que lutar muito, mas também que é possível”, diz Matheus que tem nove títulos em esporte de mesa.

Entre as duplas que podem cruzar o caminho dos campeões brasileiros, estão as que mais vem se destacando no esporte mundial, Romênia, Sérvia e ainda Hungria, país onde o Teqball foi criado, em 2014. O esporte, que está sendo cotado para ser olímpico, é jogado em uma mesa curva. Os atletas podem usar qualquer parte do corpo, exceto as mãos. É uma mistura de tênis de mesa, futebol e futevôlei, e pode ser jogado individual ou em dupla. Hoje o esporte tem ganhado espaço em vários países, como a França, para onde Matheus e Rodrigo seguem viagem, depois do Mundial na Alemanha. Em terras francesas, eles participam de outro Torneio de Teqball, em Marseille, nos dias 03 e 04 de dezembro.

“As expectativas para o mundial na Alemanha são altas. Estamos confiantes, já que, diferente do ano passado, tivemos acompanhamento durante o ano inteiro com personal, fisioterapeuta e nutricionista, que faz toda diferença. Estamos mais fortes, nos sentindo muito mais preparados dessa vez”, explica Rodrigo.

DESAFIO NAS ALTURAS: JOGOS A MAIS DE 50 METROS DE ALTURA

Os catarinenses também são referência no Futmesa, versão brasileira do Teqball, mas com algumas regras diferentes. Em 2020 eles conquistaram o campeonato brasileiro da modalidade e em 2021 foram vice-campeões. Desde o início do ano, são a dupla desafiada no Futmesa nas Alturas, do Desafio nas Alturas, um canal no YouTube de desafio, entretenimento e experiências únicas, gravado no topo da megatela do Floripa Square, a mais de 50 metros de altura. Matheus e Rodrigo são desafiados por duplas de todo o Brasil que vem a Florianópolis, em busca de dois iPhones, como prêmio para quem vencer. “Tivemos muito aprendizado com o desafio, muitas experiências novas.  É uma honra poder representar o Desafio nas Alturas. Posso dizer que foi um grande ano”, finaliza Matheus.

Rodrigo e Matheus fizeram 32 jogos, com várias duplas, entre elas as melhores do país. O Desafio dos iPhones, no Futmesa nas Alturas começou em janeiro no Canal e a dupla foi se tornando imbatível. Os atletas ficaram 31 jogos invictos até o início de outubro, quando foram desafiados para uma revanche. Na primeira partida no Futmesa nas Alturas, Marlon Rodrigues e Lucas Lima, do Rio de Janeiro, fizeram o jogo mais polêmico do canal, e pelas redes sociais fizeram uma campanha para voltar ao topo da megatela do Floripa Square, que fica junto à Beira-mar Continental, em Florianópolis. Na revanche, em outubro, os iPhones finalmente saíram sendo conquistados pelos jogadores cariocas.

“Foi um ano muito bom. Poder participar do canal do YouTube, onde somos a dupla desafiada no Futmesa nas Alturas. Foi uma experiência que nunca tínhamos vivenciado e que nos trouxe muito aprendizado e visibilidade dentro do esporte”, exalta Rodrigo, que também é campeão brasileiro de futmesa, na categoria solo.

Além do Futmesa nas Alturas, o Canal Desafio nas Alturas também tem o Golaço e Golaço X1 nas Alturas, que recebeu vários atletas de renome no esporte, como André Santos, Marcelo Maciel, Sidão, Jean Deretti, Gabriel Amorim, e influenciadores como Negrete, Jukanalha e Felipe Prior, ex-BBB 20, além de jornalistas catarinenses que fizeram uma edição especial Mulheres.