“Paisagem Açoriana”: a beleza dos Açores em exposição em Palhoça

Prefeito Eduardo participa de abertura da exposição, no ViaCatarina

0
54

O prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia, participou da abertura da exposição “Paisagem Açoriana”, na manhã desta terça-feira (22), no Shopping ViaCatarina. A exposição traz uma coleção de 27 fotografias de paisagens das nove Ilhas Açorianas, berço da cultura local, já que a região foi amplamente colonizada por imigrantes açorianos.

A exposição ficará aberta ao público até o dia 4 de dezembro, e pode ser visitada das 10h às 22h. A iniciativa faz parte do Projeto Açores – Conhecer é Viver, que valoriza o povoamento açoriano em Santa Catarina. “É muito importante que a gente conheça e mantenha viva a memória e as tradições, que são o grande legado deixado pelo povo açoriano na nossa região, tanto na cultura quanto na arquitetura e na gastronomia”, destaca o prefeito.

Palhoça é um exemplo vivo da herança açoriana, especialmente com as construções históricas da Enseada de Brito, muito bem preservadas ao longo do tempo. O bairro abriga, inclusive, a Casa da Cultura Açoriana, onde são transmitidos e disseminados os conhecimentos ancestrais do povo açoriano, em vários cursos e oficinas. “A nossa nova Casa da Cultura, que deverá ser inaugurada no início de 2023, também vai ser um marco na preservação da nossa história e da nossa cultura, já que estará instalada dentro de um prédio icônico da nossa arquitetura histórica, onde funcionava a antiga prefeitura, junto à Praça Sete de Setembro, no Centro”, comenta o presidente da Fundação Municipal de Esporte e Cultura (FMEC), José Virgílio Junior. O local foi totalmente reformado para receber a nova Casa da Cultura.

A exposição “Paisagem Açoriana” contribui para aproximar as Ilhas Atlânticas com a “10ª ilha dos Açores”, como a Ilha de Santa Catarina já é conhecida. Em 2023, serão comemorados 275 anos de imigração açoriana em Santa Catarina.

A exposição é organizada pelo arquiteto, fotógrafo e programador visual Joel Pacheco. A minuciosa seleção de imagens das paisagens naturais resulta de incursões às nove ilhas que compõem o arquipélago açoriano, realizadas em 2018. Para Joel, “cada ilha possui a sua beleza singular, a sua paisagem magnífica, a sua arquitetura exemplar, mas todas têm uma riqueza em comum: as pessoas que lá vivem”. “Essa gente é amável, é hospitaleira e trata os visitantes com carinho e generosidade”, destaca Pacheco, que é nascido em Florianópolis e pesquisa temas como paisagem, etnografia e cultura popular.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome