Seis pessoas são presas em investigação sobre o “Golpe do Bilhete”

As investigações começaram no mês de março deste ano, em Florianópolis, após uma idosa ser vítima do “golpe do bilhete” e perder R$ 94.000,00

0
177

Nesta quinta-feira (17), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia do Continente, deflagrou a operação “Recompensa” com o objetivo de cumprir 8 mandados de prisão temporária e 18 mandados de busca e apreensão nas cidades de Caxias do Sul/RS, Passo Fundo/RS e Porto Belo.

As investigações começaram no mês de março deste ano, em Florianópolis, após uma idosa ser vítima do “golpe do bilhete” e perder R$ 94.000,00 (noventa e quatro mil reais). Durante as diligências, foram identificados os suspeitos do crime – todos do RS e também outras duas vítimas da quadrilha, ambas do Rio Grande do Sul.

Quatro prisões ocorreram na cidade de Caxias do Sul (RS) e duas prisões em Porto Belo. Em uma das residências, foram apreendidos cerca de R$ 20.000,00 em espécie, 32 aparelhos celulares, diversos cartões bancários contendo usuário e senha de terceiros, além de anotações do crime. Na cidade de Porto Belo, além de valores em espécie também foi apreendido um veículo Toyota/Corolla. Outros dois suspeitos são considerados foragidos.

O nome da operação faz alusão à gratificação que a vítima ganharia por ajudar os supostos ganhadores do prêmio. Houve o apoio da Polícia Civil do RS e da Delegacia de Polícia da Comarca de Porto Belo.

pc22222Enae232IV2323232632V322.png