Florianópolis: CASAN projeta mais de 90% de cobertura de esgoto até 2025

Na região Central de Florianópolis, junto à cabeceira das pontes, máquinas e trabalhadores atuam na ampliação da Estação de Tratamento Insular

0
79
Acervo CASAN

A cobertura em coleta e tratamento de esgotos em Florianópolis avança com três grandes obras: a implantação do Sistema Ingleses/Santinho, a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário Insular e do Sistema de Esgotos Monte Verde / Saco Grande.

Com atendimento atual de 75,98% na área urbana, a infraestrutura de saneamento será estendida apara 91,88 da população urbana até 2025, segundo projeções do Plano de Investimentos da CASAN.

Na região Central de Florianópolis, junto à cabeceira das pontes, máquinas e trabalhadores atuam na ampliação da Estação de Tratamento Insular. A unidade terá sua capacidade ampliada de 296 litros por segundo para 612 L/s e será modernizada, passando a tratar o esgoto em processo terciário, que além de matéria orgânica remove e também fósforo e nitrogênio do efluente final.

Com maior capacidade, a ETE vai permitir a operacionalização da rede de coleta que já foi assentada nos bairros Itacorubi, Parque São Jorge, Jardim Anchieta, Córrego Grande e Pantanal. Vai possibilitar também que novas redes sejam implantadas para atender os bairros José Mendes e Morro da Lagoa.

O valor total do empreendimento chega a R$ 277,7 milhões, viabilizados junto à Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA).

SES Monte Verde / Saco Grande

Na Região do João Paulo, está em andamento a ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgotos já existente. A ETE beneficiará com coleta e tratamento de esgotos os bairros João Paulo, Monte Verde e Saco Grande e permitirá também a operação de redes já assentadas em Cacupé, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui.

Assim como a Insular, a ETE João Paulo terá tratamento de esgoto em nível Terciário. O valor do investimento é de R$ 144,8 milhões, também obtidos em financiamento junto à JICA.

Ingleses / Santinho

A ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário dos Ingleses e a implantação da infraestrutura de saneamento no Santinho, são outras frentes de trabalho que garantirão mais condições de conservação do ambiente e de saúde em Florianópolis.

O projeto em fase final compreende a implantação de aproximadamente 68,6 km de rede coletora, 5.787 Ligações domiciliares, além da implantação de  Estação de Tratamento de Efluentes em nível terciário, com vazão de 105 L/s. O investimento é de R$ 123,5 milhões.

Sistema de Esgoto Monte Verde/Saco Grande (acima) e ampliação do Sistema Insular (abaixo) estão entre os projetos que elevarão a cobertura em Florianópolis