Marquito assume Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Alesc

O parlamentar foi escolhido por unanimidade e terá um mandato de dois anos. Essa é a primeira vez que um ambientalista ocupa o cargo

0
138
Legenda: Marquito com muda de Palmeira Juçara, conhecida como o açaí da Mata Atlântica - Fotos: Carol Morgan/Divulgação

O deputado Marquito (PSOL) assumiu hoje a presidência da Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc). O parlamentar foi escolhido por unanimidade e terá um mandato de dois anos. Essa é a primeira vez que um ambientalista ocupa o cargo. “Preciso expressar minha imensa alegria em presidir essa comissão. Vou entregar todo o meu empenho e toda minha paixão para esse trabalho”, disse o parlamentar, em sua primeira fala.

Marquito tem uma longa história de defesa do meio ambiente. Como vereador de Florianópolis, presidiu a Frente Parlamentar Ambientalista, integrou a Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal e foi coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista de Vereadores do Brasil. O mandato também aprovou diversas legislações de proteção ambiental, como a Lei dos Direitos da Natureza, a Lei Floripa Zona Livre de Agrotóxicos, a Lei da Compostagem e a Lei de Proteção às Abelhas Nativas, entre outras.

O perfil ambientalista surgiu na adolescência, quando elegeu os passeios na natureza como lazer preferido. Enquanto cursava Naturologia, conheceu a agroecologia e decidiu mudar a graduação para Agronomia, na Universidade Federal de Santa Catarina. Como agrônomo, ficou conhecido pelo trabalho com compostagem de resíduos orgânicos, principalmente no projeto Revolução dos Baldinhos, que ajudou a criar.

A Comissão de Turismo e Meio Ambiente surgiu em 2003. Antes disso, existia a Comissão de Saúde e Meio Ambiente, criada em 1990, e primeiramente presidida por José Bel (PDT). O deputado Marquito ressalta a importância do atual caráter permanente da comissão. “Santa Catarina tem dez áreas protegidas integralmente, que precisam de apoio especial do parlamento, tem o Instituto do Meio Ambiente, que precisa ser olhado com atenção, e tem uma diversidade ecológica, ambiental e social, com um enorme potencial turístico, que precisa de cuidado.”

Em suas redes sociais, o deputado fez questão de agradecer a todos os parlamentares que já atuaram na comissão. Os ex-presidentes, desde a mudança para Comissão de Turismo e Meio Ambiente, foram: Luiz Eduardo Cherem (2003), Djalma Berger (2004), Sérgio Godinho (2005 e 2006), Décio Góes (2007 a 2009), Dirceu Dresch (2010), Neodi Saretta (2011 a 2014), Gean Loureiro (2015 e 2016), Valdir Cobalchini (2017 e 2018) e Ivan Naatz (2019 a 2022).