Palhoça se organiza contra gripe aviária

Reunião definiu grupo de trabalho para evitar chegada da doença no município.

0
179

A Prefeitura de Palhoça organizou uma reunião, na tarde desta segunda-feira (20), para discutir as ações de prevenção da gripe aviária no município. Estiveram sentados à mesa, representantes da Cidasc, além das Secretarias de Palhoça envolvidas em fiscalizações
acerca do meio ambiente, como Secretaria de Agricultura e Pesca, além da Fundação Cambirela de Meio Ambiente, da Defesa Civil do município e, ainda, a Polícia Militar Ambiental. “O objetivo é que a gente tenha em mente a importância de monitorar possíveis casos e prevenir o que for necessário para evitar a chegada dessa doença, que pode
comprometer nossa produção”, enalteceu o secretário de Agricultura de Palhoça, Adelino Machado.

Os casos de influenza aviária em países vizinhos têm motivado algumas ações em Santa Catarina, por isso a reunião em Palhoça. A Influenza Aviária, também conhecida como Gripe Aviária, é uma doença provocada por um vírus, muito contagioso, que pode afetar a saúde de aves domésticas e silvestres. Infecções esporádicas em pessoas que tiverem contato direto com as aves infectadas também podem ocorrer.

A doença tem impacto devastador na avicultura, podendo trazer enormes perdas para o produtor e para Santa Catarina, que é o Estado que mais exporta carne de frango do Brasil. A doença nunca foi registrada no Brasil, e é transmitida por aves migratórias, que circulam entre o Estado catarinense e países com registro de gripe aviária. Por isso, a recomendação é que seja comunicada mortandade ou anomalias em grupos de animais pelo telefone 0800 643 9300.