A revitalização do Doze de Agosto; 1ª professora como secretária de Educação; moção de repúdio e outras notas

Pela primeira vez Florianópolis tem uma secretária de Educação, com a posse de Fabrícia Luiz Souza; veja também sobre o trabalho de resgate e utilização de prédios históricos abandonados em Florianópolis e outras notas

0
140
Prefeito Topázio assinando contrato com Clube Doze de Agosto - Crédito: ADRIANO RIBEIRO

Clube Doze é bola dentro do Topázio

Bola dentro do prefeito Topázio Neto (PSD) firmar uma parceria e locar as instalações do prédio do Clube Doze de Agosto, na avenida Hercílio Luz. O local estava abandonado há anos e agora servirá para ampliar atendimentos sociais, através de um novo centro de convivência de crianças e idosos.

A prefeitura vai reformar o local e criará um espaço multiuso para os idosos para que eles pratiquem atividades e oficinas. Juntamente com isso, o local terá a proposta transgeracional, em que crianças ocuparão os andares de sala de atendimento, e poderão interagir com os outros usuários do espaço em atividades internas.

O prefeito Topázio entende que o espaço revitalizado ajudará na retomada do Centro Leste e servirá em muito para a troca de experiência entre os idosos e os mais novos. Segundo ele, mais de 100 grupos de idosos da Capital também poderão utilizar o salão para bailes e atividades diversas. “Poderemos até retomar os carnavais das antigas”, disse.

O local contará com academia, refeitório, salão para baile, área de acolhimento e de descanso, além de meios que irão beneficiar a saúde das crianças e dos idosos do município.

Resgate do saudosismo

Para quem não sabe o prédio do Clube Doze de Agosto, na avenida Hercílio Luz, já sediou memoráveis bailes e solenidades da sociedade florianopolitana. Foi marcado também por vários ciclos do Carnaval local, como a época do Trem Azul, depois o Baile dos Acanhados e por fim o Baile do Municipal. Na solenidade de parceria com a prefeitura o presidente, Henrique Jacintho de Oliveira agradeceu ao prefeito pela iniciativa que se encaixou no que os sócios entendiam como adequado para o espaço.

Assinatura do contrato com o Clube Doze de Agosto

Prédios não mais abandonados

Interessante ponto comentado pelo Renato Geske (PSDB) durante a solenidade de assinatura do convênio entre prefeitura e Clube Doze de Agosto. Ele detalhou que além deste espaço, o prefeito Topázio Neto (PSD) também recuperou o antigo prédio da escola Antonieta de Barros, que vai servir seu propósito enfim, de ações da etnia negra. Além desses dois, nesta terça (16) o prefeito também assinou convênio para utilizar outro imóvel histórico da Capital que estava abandonado: o antigo aeroporto Hercílio Luz, que dará espaço ao Hospital Dia. Topázio vai fazendo escola quando o assunto é reativação de imóveis abandonados. Bom para a cidade!

Uma mulher na educação

Florianópolis ganha sua primeira professora como secretária Municipal de Educação. O prefeito Topázio Neto deu posse nesta terça-feira à professora da rede municipal de ensino, Fabrícia Luiz Souza, como secretária de Educação de Florianópolis. Aos 48 anos de idade, substitui Maurício Fernandes Pereira, que por motivos pessoais decidiu deixar o cargo para retornar a lecionar no Curso de Administração da Universidade Federal de Santa Catarina.

Desde o início do ano, Fabrícia estava como subsecretária de Educação Básica do município.  Ainda no órgão central da SME, de 2019 a janeiro de 2023 foi diretora de Gestão Escolar. O prefeito pediu uma sugestão de nome a Maurício Pereira, que indiciou a professora para comandar a área da Educação.

O olho do secretário

O vereador João do Bericó (União Brasil) retomou o assunto sobre a obra de macrodrenagem nas ruas do Rio Vermelho. Após críticas de que a obra estaria sendo tocada de forma lenta e até desatenta pela empresa contratada pela prefeitura, o parlamentar grifou que o secretário de Infraestrutura, Rafael Hahne foi até o local e conversou com moradores, fiscais da obra e empresa. “De uma semana para cá a obra mudou de comportamento, impressionante”, pontuou o vereador, salientando que ajustes foram feitos e serviços acelerados. “Por isso a importância de fiscalização das obras”, concluiu.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Moção de repúdio

Ainda sobre a nova paralisação das obras de construção da nova Ponte da Lagoa da Conceição, os vereadores da Capital voltaram ao tema nesta semana. Eles criticaram duramente mais uma decisão no Judiciário que para uma obra há anos esperada pela comunidade, sendo que cuja paralisação causa prejuízo milionário ao Poder Público.

O vereador João do Bericó (UB) chegou a propor uma moção de repúdio contra a procuradora do MPF, Analúcia de Andrade Hartmann e o juiz federal, Marcelo Kras Borges. “Repudio com veemência as ações desses dois agentes públicos. Qual a raiva que eles têm com nossa cidade que travam tudo”, comentou o vereador. “Será que eles vão incomodar até o último dia do governo Topázio por que perderam no Plano Diretor”, acrescentou. “Quero ver o progresso da nossa cidade com sustentabilidade, mas sustentabilidade com responsabilidade e não com ideologia”, completou.

Que se candidatem…

Sobre a paralisação da obra da Lagoa da Conceição, a vereadora Maryanne Mattos (PL) fez coro às palavras de Bericó e condenou a interferência dos agentes do judiciário em outros poderes. “Se eles querem mandar na cidade eles que se candidatem… ano que vem tem eleição”, falou.

Pra passar a boiada

Grave denúncia trazida pela vereadora Tânia Ramos (PSOL) no plenário da Câmara da Capital nesta semana. Segundo ela, a administração municipal está esvaziando a Floram, transferindo profissionais e técnicos que dão pareceres em processos relacionados ao novo Plano Diretor. Ela disse que portarias foram publicadas na última sexta-feira (12) retirando técnicos, fiscais e assistentes administrativos da Floram, os transferindo para a Secretaria de Segurança Pública; bem como biólogos foram transferidos para a secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. “Estão tirando os técnicos de lá para passar as viabilidades do Plano Diretor. Isso prova que nossa cidade está à venda”, denunciou.

Cidades inteligentes

A vereadora Manu Vieira (Novo) ressaltou o aprendizado em viagem internacional que participou representando a Câmara da Capital em Medellín, na Colômbia. Lá ela pode perceber a transformação através da interação social, com investimento em mobilidade e infraestrutura primária elevando a qualidade de vida daquela que já foi uma das cidades mais violentas do mundo. A Comitiva teve integrantes da Prefeitura de Florianópolis e do Movimento Floripa Sustentável e participou do evento “Missão Ecossistemas de Inovação”. A equipe participou de diversas visitas e reuniões durante toda a semana passada para compreender os processos e as ferramentas desenvolvidas que fizeram Medellín se destacar no mundo através da tecnologia e inovação.

Manu Vieira usando a palavra na Câmara – Adriano Ribeiro

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9