Hoje é quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALAcessos aos blocos de Carnaval terão PEVs de vidro para estimular descarte...

Acessos aos blocos de Carnaval terão PEVs de vidro para estimular descarte adequado

Equipamentos complementam rede disponível e consideram aumento da demanda em virtude da proibição de posse do material na região central durante a folia

Publicidadespot_img

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, disponibilizará durante toda a programação de Carnaval, que começa oficialmente nesta sexta-feira, 02 de fevereiro, com o Berbigão do Boca, pontos adicionais de entrega voluntária de vidro nas regiões de acesso aos principais blocos da Capital.

A ação iniciou na área central, com a colocação de 7 novos Pevs nas imediações do Largo da Alfândega e Praça XV de Novembro. Na região haverá controle de acesso durante as festividades para coibir a entrada de objetos proibidos, como garrafas de vidro. Outros dois pontos de entrega voluntária estão disponíveis de forma permanente no Centro, totalizando 9 equipamentos para utilização pelos foliões.

“Começamos a instalação de PEVs adicionais nessa região pois é onde a circulação de pessoas será expressiva já nesta semana e a com o maior público nos próximos dias. Com o equipamento à vista, a possibilidade de descarte inadequado cai expressivamente, facilitando o trabalho de coleta, bem como a destinação dos vidros depois de encerrados os eventos”, explica a gerente da Divisão da Coleta Seletiva, Tamara Gaia.

Nos próximos dias, mais contentores devem ser distribuídos em outros pontos da cidade, como em Santo Antônio de Lisboa, onde, assim como no Centro, acontecerão eventos com a proibição de posse de materiais de vidro pelos participantes.

“É de extrema importância que aqueles que forem curtir o carnaval, tenham o devido cuidado com os resíduos gerados. Nos PEVs, que sejam colocados apenas itens de vidro, como garrafas de bebida, taças ou semelhantes. A disposição inadequada de itens comuns nessa época, como latinhas de metal, fabricados com materiais de outra natureza, inviabilizaria a destinação de todo o conteúdo do PEV”, salienta Tamara.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa