google.com, pub-9039894567170353, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Hoje é sexta-feira, 1 de março de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioColuna do EditorAnúncios na área da saúde são o maior presente pra Floripa; debates...

Anúncios na área da saúde são o maior presente pra Floripa; debates inúteis na Câmara e outras notas

O prefeito Topázio Neto (PSD) anunciou nesta semana em coletiva pra imprensa que começam sair do papel o Hospital Dia, no Sul da Ilha e a Policlínica da Mulher e da Criança. Veja também sobre divergências ideológicas que alimentam debates inúteis na Câmara da Capital e outras notas

No 350º aniversário, saúde é o presente

Prefeito Topázio Neto (PSD) concedeu entrevista coletiva nesta segunda (6) para divulgar a programação do 350º aniversário de Florianópolis. Ótima programação, com inaugurações de obras; “um milhão de atrações” através da Maratona Cultural, show com Gilberto Gil e muito mais. Mas, ‘a cereja do bolo’ é o anúncio de relevantes ações na área da saúde.

Topázio anunciou duas ações que realmente causarão impacto imediato no atendimento da saúde pública na Capital: a implantação da Policlínica da Mulher e da Criança, na Rua Esteves Júnior, no centro da Capital e o anúncio da formalização para implantação do Hospital Dia na antiga estrutura do Aeroporto de Florianópolis, no Sul da Ilha.

O Hospital Dia será a maior obra de impacto no atendimento na saúde pública da Capital nos últimos anos. Dentro das festividades do aniversário o prefeito pretende formalizar a parceria entre a prefeitura, Floripa Aiport e um investidor. O projeto está sendo finalizado, mas a ideia é que a estrutura ocupe uma área de cerca de 10 mil metros quadrados, quase a totalidade do antigo aeroporto.  “Queremos que até o final do ano esteja funcionando”, adianta o prefeito. Lá serão realizados vários procedimentos hospitalares como por exemplo, pequenas cirurgias.

Já a Policlínica da Mulher e da Criança tem como objetivo diminuir o número de mortes e internamentos desses dois públicos. Estudos da Secretaria Municipal de Saúde identificaram a fragilidade de ferramentas para atendimento desses públicos. Com sua implantação, serão desafogados os atendimentos na Maternidade Carmela Dutra e Hospital Infantil. O local ainda prevê, através de uma parceria com a Polícia Civil, a atenção para mulheres vítimas de violência.

Policlínica

A Prefeitura fará nesta quarta, dia 8 de março, às 14 horas, o lançamento da Policlínica da Mulher e da Criança de Florianópolis. A Policlínica tem como objetivo, diminuir as filas de espera na atenção especializada e garantir que todos sejam atendidos o mais rápido possível e deve ser entregue à população até o final do mês de março.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Binário

O vereador Afrânio Boppré (Psol) e sua assessoria poderiam se informar um pouco antes de tentar lacrar na internet. Ele protocolou nesta segunda (6) um requerimento para realização de Audiência Pública, na Comissão de Viação e Obras Públicas, sobre a implantação de anel binário nos bairros Pantanal e Carvoeira. “Os moradores destes bairros tomaram conhecimento, pela mídia, de que haverá uma grande mudança em relação ao trânsito em toda a região do entorno da UFSC”, justifica o vereador. Não sabe ele, mas o prefeito Topázio Neto já informou nesta segunda (7), em coletiva à imprensa, que pretende reunir-se com a população daquela região para expor a proposta e ouvir sugestões sobre o binário. “Estamos organizando para a próxima semana”, diz o prefeito. Até Afrânio conseguir realizar a tal audiência, o prefeito já deverá ter consultado os moradores, o projeto já vai estar em execução e se bobear até o binário estará operando. Quer apostar?

Imagem de post nas redes sociais do vereador

Federação

Neste início de semana foi realizada uma reunião entre a bancada federal e estadual e presidentes do União Brasil e do Progressistas em SC para analisar a possibilidade da federação entre os partidos, que poderá ocorrer nos próximos dias. O encontro ocorreu no início da noite desta segunda (6), no diretório estadual do Progressistas, em Florianópolis.

Em uma federação, os partidos se unem e devem permanecer juntos por quatro anos, conforme estipula Lei aprovada no Congresso Federal. Na prática, se transformam em um partido só. “Com a federação, nossa representatividade aumenta na Alesc. Formaremos uma bancada de seis deputados estaduais, três de cada partido”, explica o deputado Jair Miotto (UB), lembrando que União Brasil e PP também estarão juntos em 2024, nas eleições municipais, e em 2026, nas estaduais.

Também estiveram presentes na reunião, o presidente estadual do União Brasil, Gean Loureiro, o deputado federal Fábio Schiochet, e os membros da bancada do União Brasil na Alesc, deputados Marcos da Rosa e Sérgio Guimarães. Do PP marcaram presença o senador Esperidião Amin, os deputados estaduais Altair Silva, José Milton Scheffer e Pepê Collaço, o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, e presidente estadual do PP, Silvio Dreveck, e o secretário-geral do Progressistas, Aldo Rosa.

Gasolina

Lideranças políticas e perfis na internet com narrativas de extrema-direita direcionaram todos seus esforços nos últimos dias para defender um posto de combustível bolsonarista localizado na av. Mauro Ramos que foi lacrado pelo Procon por 48 horas por aplicar aumento no combustível sobre o estoque antigo, aproveitando-se do aumento provocado pelo fim da desoneração dos impostos federais. Os novos preços deveriam aplicar-se somente a partir de novas cargas de combustível.

A justificativa é que mesmo com o aumento o posto vende a gasolina mais em conta da Capital e seu fechamento prejudicou o próprio consumidor que buscava o preço da gasolina mais barato naquele momento. Até é justificável o argumento proposto. Como também é justificável a ação do Procon, punindo o estabelecimento por fugir à regra ao aplicar o aumento antecipadamente. Talvez a punição tenha sido exagerada, mas isso ficará para o enfrentamento na esfera jurídica.

Lembrando que outros dois postos também foram fechados pelo Procon por incorrerem na mesma irregularidade. Estes, para os órfãos do bolsonarismo, não existem. Nem um piu!

Todas merecem medalhas

Que chatice essa polêmica sem relevância alguma em relação a decisão da vereadora Maryanne Mattos (PL) de indicar para a entrega da medalha Antonieta de Barros para as deputadas, estadual, Ana Caroline Campagnolo e federal, Carol de Toni, ambas do PL. Lideranças de esquerda são contrárias e fazem barulho.

O objetivo da medalha Antonieta de Barros é justamente premiar mulheres que se destacam na sociedade, independente de suas preferências políticas. Quer justificativa maior para ambas serem agraciadas. Campagnolo, a deputada estadual mais votada da história de SC com 196.571 votos e de Toni a federal mais votada da história de SC com 227.632.

Elas fizeram história na polícia, justamente um setor historicamente dominado pelos homens. Eu, particularmente, acho que é muito justo o reconhecimento. O prêmio que leva o nome da nossa primeira deputada negra homenageando essas duas gigantes da política atual.

Todas merecem medalhas (II)

Mas, vereadoras e lideranças de esquerda não gostaram da indicação. Não poderia ser diferente, as indicadas deram uma surra nas urnas na última eleição. Para desconstruir as indicações recorreram a narrativas ideológicas relacionadas à cor de pele de Antonieta e seu perfil ideológico.

Nesta semana a vereadora Maryanne usou a tribuna para descontruir essa narrativa. Lembrou que Antonieta tinha um perfil conservador e alinhado aos valores defendidos pelas duas deputadas.  Ela nunca se casou e era bastante religiosa, sendo devota de Nosso Senhor dos Passos. Apesar da religiosidade, ela pregava a emancipação feminina, principalmente através da educação, o que ocasionou algum repúdio das alas mais conservadoras da Igreja Católica

Polêmicas à parte, vamos relembrar o objetivo da medalha Antonieta de Barros: “A Medalha Antonieta de Barros foi criada no fim do século XX com a finalidade de homenagear mulheres que tenham se destacado nas áreas cultural, política, desportiva, empresarial e de prestação de serviços ou ação social. Nas últimas décadas, a honraria foi concedida a mulheres das mais variadas ideologias, da direita à extrema-esquerda, valorizando a pluralidade de ideias, crenças e opiniões que formam a nossa cidade”. Sendo assim, entreguem de uma vez as medalhas para a deputadas e vamos para a próxima polêmica.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Homenagem Mulheres

Nesta terça-feira (7), a Câmara de São José concede a Medalha Albertina Krummel Maciel em alusão ao Dia Internacional da Mulher. A Sessão Especial acontece a partir das 19h, no Plenário, e será transmitida ao vivo pela TV Câmara e redes sociais.

Veja as homenageadas 2023: Daniela Pereira dos Santos; Eunice Knoner Campos; Hilda Maria Cavalcanti Schaefer; Juliana Freitas da Silva; Natana Moura Fernandes; Myriam Bernadete Predebon; Zélia Guimarães Ferreira Laurentino; Claire Knapp Greghi; Clarice Ribeiro da Silva; Cristina de Sousa; Rosangela da Silva; Maria Aparecida Inácio Rita; Adriana Fidelix Ludwig; Adriana Isolete de Souza; Margarete Otília de Melo; Juliana Benta Ribeiro Machado; Izaura Daiane Guedes

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

 

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa