Hoje é domingo, 26 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioColuna do EditorCarla Ayres celebra investimento na Educação; Casan é "dona" de Fábrica de...

Carla Ayres celebra investimento na Educação; Casan é “dona” de Fábrica de Queijos no RJ e outras notas

Leia também nesta coluna sobre Laudelino Bastos, o homem de confiança do governador Jorginho Mello, indicado para assumir a Casan; Katumi pede revitalização no Sul da Ilha e outras notas

Carla Ayres celebra investimento na Educação

A vereadora Carla Ayres (PT) comemorou o anúncio da liberação de R$ 10 milhões através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para Santa Catarina. “Em um mês do governo Lula já veio mais que nos quatro anos anteriores”, disse. Ela ressaltou que esses recursos vão servir para concluir obras em escolas do ensino infantil e fundamental nos municípios. A vereadora falou que vai buscar o cronograma de investimento na Capital e vai fiscalizar. “Vamos acompanhar e fiscalizar o impacto nessas obras”, frisou.

Carla aproveita para informar que dia 14 de março estará em Brasília em agendas no Congressos e órgãos da União.

Laudelino Bastos, o homem de confiança de Jorginho na Casan

Dia 24 de fevereiro haverá uma assembleia geral dos acionistas da Casan para eleger o novo Conselho de Administração da estatal. Será esse conselho que dará a posse à nova diretoria, indicada pelo governador Jorginho Mello (PL), sendo esta encabeçada por Laudelino Bastos. Para quem não sabe, Bastos é amigo de longa data do governador, desde a época da venda do Besc. Também já ocupou funções na Casan, como a Diretoria Financeira, sempre respaldado pelo governador.

Bastos estava na diretoria financeira da estatal quando estourou o caso que deu origem à Operação Alcatraz. À época, a empresa Neoway Tecnologia aceitou um acordo de leniência e devolveu ao Governo do Estado o valor de R$ 44 milhões devido a supostos casos de corrupção e fraudes. Deste valor, R$ 15 milhões foram devolvidos à Casan, por supostas fraudes em contratos na gerência de Informática, vinculada à Diretoria Financeira.

A Operação Alcatraz, todos sabem, teve as provas anuladas e perdeu valor jurídico quando restou provado que o MP não pediu autorização ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) para investigar e reunir provas contra Júlio Garcia (PSD) à época conselheiro do Tribunal de Contas, portanto com foro privilegiado. Todos os atos da Operação perderam validade, mas o dinheiro devolvido pela empresa voltou para o caixa da Casan.

Quando o governador Carlos Moisés (PSL) assumiu o governo, Bastos foi destronado da Diretoria Financeira e todos os contratos da Companhia foram revistos. A revisão trouxe uma economia histórica para os cofres da Casan. Segundo a estatal divulgou à época, mais de R$ 13 milhões foram economizados em contratos como aluguel de veículos, vigilância, limpeza e conservação, zeladoria e vale-refeição. Em alguns contratos a economia chegou em até 34,75% ou 28%.

Entrei em contato com Bastos nesta tarde de quinta (16) para saber se essas informações, que são públicas, não podem prejudicar sua indicação à direção da Casan, mas seu telefone estava desligado. O espaço está aberto.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Fábrica de queijo

Por falar em Casan, o amigo leitor que paga sua conta de água e esgoto religiosamente todo mês sabe que a estatal é dona de uma fábrica de queijos, a Sabor da Serra Lacticínios, em Nova Friburgo (RJ)? Abaixo parte de um edital da empresa convocado acionistas para uma assembleia em 20 de abril de 2022. A primeira acionista da lista é a Casan. Os demais acionistas, todos cariocas.

Edital de convocação de acionados da empresa do Rio de Janeiro: Casan é a primeira acionista da lista

Revitalização no Sul da Ilha

Com base no Sul da Ilha, o vereador Roberto Katumi (PSD) tem na agenda o pleito por investimento em uma melhor estrutura turística na região a partir do Morro das Pedras até a Armação. Ele cobra, por exemplo, que a prefeitura estabeleça áreas adequadas de estacionamento na reta da Lagoa do Peri. Ele lamenta que turistas recebam multa por falta de áreas para estacionarem seus carros para curtir as belezas da região. “Acho que a PM está ficando rica só pelas multas que estão aplicando ali”, brinca, ao mesmo tempo que reconhece que a Polícia Militar só está cumprindo sua função e a principal culpada é a prefeitura pela ausência de uma revitalização da região, com a inclusão e bolsões de estacionamento.

Pronampe e empregos

Umas das principais iniciativas de Jorginho Mello (PL) no Senado, foi a luta pela criação do Pronampe, que através da liberação de microcrédito salvou milhares de empresas e por consequência empregos, durante a Pandemia. Sem dúvidas foi uma marca registrada do senador e ajudou a pavimentar sua eleição ao governo. Agora governador, Jorginho pensa em criar uma espécie de Pronampe estadual. Na verdade, a política de fomento via microcrédito para pequenos empreendedores no Estado já existe há décadas, tendo seu início no governo do ex-governador Esperidião Amin (PP). O detalhe é que Jorginho agora pensa em amarrar à liberação de crédito para os empreendedores a criação de ao menos um emprego. Boa medida, pois garante o retorno social com o investimento.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Convites

Vereadores da base do prefeito Topázio Neto (PSD) estão desprestigiados com o pessoal do cerimonial da prefeitura. Os convites ou falta deles para atos do gabinete são o motivo da queixa. O vereador Roberto Katumi, do mesmo partido do prefeito, reclama que está recebendo convites no mesmo dia do evento. “Eles acham que a gente não tem agenda”, reclama. “Eu também recebi convite há uma hora do evento. Acho isso uma total falta de respeito”, acrescentou a vereadora Maryanne Matos (PL). “Vocês ainda recebem convites”, foi ácido o vereador Maicon Costa (PL).

Carnaval

O governador Jorginho Mello (PL) vai injetar recursos nas escolas de samba de Florianópolis nos próximos carnavais, anuncia o vereador Renato da Farmácia (PSDB) que é líder do governo Topázio e também uma espécie de líder do governo Jorginho na Câmara da Capital.

Pri Fernandes comemora Delegacia de Proteção Animal

Na tarde desta segunda-feira (13), a convite da Delegacia Geral de Polícia Civil, a Vereadora Pri Fernandes se reuniu com as Delegadas Marjorie Baldi e Michele Alves Correa, na Delegacia Geral de Polícia Civil, para conhecer a estrutura administrativa que será criada, dando início às atividades da primeira Delegacia de Proteção Animal da Grande Florianópolis. Ela será um projeto piloto especializado no combate do crime de maus-tratos aos animais que atuará em 13 municípios da Grande Florianópolis e será lançado em março deste ano.

Desde o início do mandato, a Vereadora Pri Fernandes, que é Protetora há mais de 20 anos, encaminha ofícios, realiza reuniões, promove abaixo-assinados, envia pedidos e requerimentos tentando sensibilizar as autoridades do Estado para criação de uma estrutura capaz de fazer frente às centenas de casos de abusos e violência contra animais na região. “Eu fico extremamente emocionada com isso, porque é uma luta de muitos anos, não só minha, mas de toda a Proteção Animal”, comenta a parlamentar.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

 

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa