Hoje é quinta-feira, 18 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALCrianças se divertem e aprendem sobre Frida Kahlo e Ivana Bandeira, entre...

Crianças se divertem e aprendem sobre Frida Kahlo e Ivana Bandeira, entre outros artistas

No Núcleo de Educação Infantil Pequeno Príncipe, ligado à Secretaria de Educação de Florianópolis, realizam experimentos artísticos dentro do projeto “A brincadeira com espaços esteticamente pensados dentro e fora do Neim”.

Crianças de 4 a 6 anos (grupos 4, 5 e 6) , da unidade educativa do Morro das Pedras, conhecem , pintam e desenham obras tendo como referências grandes nomes da cultura plástica nacional e mundial.

Por meio de telas e materiais diversos, um dos nomes abordados durante a atividade foi o de Frida Kahlo (1907-1954). A artista mexicana, aos 18 anos, sofreu um acidente de carro, o que a deixou por muito tempo incapacitada de andar. Fazia uso de um espelho pendurado na sua frente e de um cavalete adaptado para que deitada pintasse a própria imagem.

A brasileira Ivana Bandeira, nascida em Osasco no dia 4 de janeiro de 1988, em Osasco (SP), pinta com a boca. Aos 2 anos de idade começou a perder os movimentos dos membros inferiores e superiores. Num hospital de reabilitação, ingressou no mundo das artes. É também bacharel em Matemática e doutora em Computação Gráfica.

A partir de Frida khalo e Ivana, as crianças conversaram e tiveram oportunidade de problematizar questões referentes ao capacitismo, experimentando pintar em posições diferenciadas, como suspensas em um balanço.

Dentre os materiais usados pela criançada para as artes constaram cartolinas, telas, folhas A4 brancas e coloridas, folha acetato, papel pardo, azulejos, vasos de cerâmica, pincéis, esponjas, rolinhos, bolinha de gude, aquarela, guache,canetas permanente, marcadores e caixas de papelão.

“A principal motivação é entender que o ato de brincar é o eixo norteador do trabalho na educação infantil de Florianópolis. É notável o quanto as crianças ampliam repertório e diversificam experiências”, afirma a diretora da unidade, Fabiana Odete Nair Moreira.

As brincadeiras se deram principalmente através da experiência sensorial, a mistura das cores, a sensação de utilizar as mãos e pintar partes do corpo. Pouco se preocuparam com o desenhar formas e representações.

Outros nomes foram abordados ao longo das atividades, como o de Tarsila do Amaral (1886-1973), Joan Miró (Espanhol-1893-1983), Romero Brito, Maria Goret Chagas , Luciano Martins e o da catarinense Eli Heil.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa