Hoje é terça-feira, 16 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALCurso gratuito: programa social ensina robótica, programação e inglês em Palhoça

Curso gratuito: programa social ensina robótica, programação e inglês em Palhoça

O programa, chamado PODE CRER, é uma iniciativa original do Instituto Padre Vilson Groh

O Instituto Pe. Vilson Groh (IVG) está com vagas abertas para aulas gratuitas de robótica, programação e inglês para crianças e adolescentes que moram na cidade de Palhoça. As aulas fazem parte do Pode Crer, um programa social gratuito que acontece na Associação João Paulo II, na Comunidade da Praia, no bairro Ponte do Imaruim.

O Pode Crer é voltado para famílias de baixa renda com filhos de 11 a 14 anos que frequentam regularmente a escola e que se interessam por tecnologia, informática e inglês. Todas as aulas, no formato de oficinas, acontecem no contraturno escolar, durante os dias da semana.

As inscrições podem ser feitas diretamente na secretaria da Associação João Paulo II, que fica localizada na Rua João Gonçalves, 128. Ponte do Imaruim, Palhoça. O telefone de contato é: 48 3242-0061.

Pode Crer acontece em formato de oficinas:

Na Oficina de Future Skills, os estudantes desenvolvem as habilidades essenciais para o mercado de trabalho, como pensamento analítico, liderança, inteligência emocional, resolução de problemas, tolerância ao estresse, auto-organização, raciocínio lógico, entre outras habilidades.

Na oficina de Robótica, os estudantes aprendem como resolver desafios do dia a dia com uso da programação, da robótica e LEGO, e até mesmo situações mais complexas como as enchentes no Rio Grande do Sul. 

Já nas oficinas de Música e Inglês, o Pode Crer estimula a criatividade, confiança e expressividade dos estudantes, através do canto, e aprendem os primeiros passos num novo idioma, que contribui com o aprendizado no mundo da tecnologia.

Pode Crer já levou adolescente para Singapura

O objetivo do programa Pode Crer é formar crianças e adolescentes para que, no futuro, eles tenham repertório cultural e técnico ampliado, facilitando o acesso ao mercado formal de trabalho; e que, na fase adulta, sejam pessoas mais solidárias, responsáveis e dedicadas aos estudos e à carreira profissional. 

Um exemplo disso é o adolescente João Vitor Farias, de 15 anos, que viajou para Singapura em 2023. Ele foi disputar o torneio global de robótica com jovens do mundo inteiro. A oportunidade veio através do Pode Crer que possibilitou também a sua participação em dois torneios estaduais de robótica.

“O Pode Crer abriu um mundo pra mim. Nossa comunidade da Praia é pequena e é sempre bom ver pessoas que moram em lugares pequenos se destacando em coisas novas”, comenta João Vitor, que acrescenta: “Eu fiquei muito feliz em disputar três torneios, sendo um internacional”.

Programa recebe patrocínio do Governo Federal

Em 2024, o Pode Crer é correalizado pela Associação João Paulo II e conta com patrocínio da Caixa e do Governo Federal, do Ministério dos Direitos Humanos, da Fundação Salvador Arena (FSA), ChildFund Brasil, além do apoio dos parceiros FIESC e SEBRAE.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa