Hoje é quarta-feira, 24 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALCurso ‘Meu APP’ capacita estudantes da rede municipal para desenvolver aplicativos

Curso ‘Meu APP’ capacita estudantes da rede municipal para desenvolver aplicativos

Projeto incentiva criatividade, uso de novas tecnologias e foco em soluções de problemas cotidianos

O Centro de Inovação e Tecnologia Educacional (Citesj) está sediando o curso “Meu APP” para que estudantes da rede municipal aprendam a criar aplicativos para celular.

A iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura de São José, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e o Comitê para Democratização da Internet (CPDI), com patrocínio do Criança Esperança.

As aulas iniciaram nesta segunda-feira (25) e serão desenvolvidas também as quartas-feiras durante nove semanas, de manhã (das 9h às 11h) e à tarde (14h às 16h). A Secretaria Municipal de Educação oferece suporte para realização das atividades e o CPDI fica responsável por ministrar o curso.

Com carga horária de 50h, os conteúdos envolvem informática básica, noções de design de aplicativos, mobilização em redes sociais, noção de edição, (imagem, textos, identidade visual, etc), pesquisa e análise de conteúdo.

Para o diretor executivo do CPDI, Heitor Blum S. Thiago, o projeto vai além da criação de aplicativos. “O desenvolvimento do aplicativo abrange também pesquisa sobre o tema para elaborar o conteúdo do APP. É importante também que se faça em equipe, porque cada um tem uma habilidade. Isso favorece a comunicação, o planejamento. Tudo isso faz parte desse projeto. É um projeto de cidadania para preparar as pessoas para o seu futuro”, detalhou.

Inicialmente, foram disponibilizadas 40 vagas em duas turmas, destinadas a estudantes com idades entre 10 e 16 anos. Há possibilidade para abertura de novas turmas, conforme o interesse dos alunos. “Visitamos o Centro de Educação Municipal (CEM) Interativo e o CEM Maria Iracema Martins de Andrade (Cemia – Barreirão), que são as unidades mais próximas, para convidar os alunos para participar. Rapidamente, completamos as duas turmas e já formamos uma lista de espera”, esclareceu a diretora administrativa do Citesj, Luciana Schmitz.

O estudante do 6º ano do CEM Maria Iracema, Nicolas Cardoso Silva, de 11 anos, já tem ideia do que vai desenvolver. “Explicaram que era pra criar um aplicativo útil. Então, farei um – em conjunto com meu amigo – que fala sobre as doenças de hoje em dia. O público vai conseguir pesquisar neste APP sobre as doenças, as principais informações, como sintomas e cuidados”, frisou.

Ao término do curso, está prevista demonstração dos aplicativos desenvolvidos e cerimônia de formatura para certificar os participantes. Os 10 melhores aplicativos, desenvolvidos ao longo do projeto em 2024, serão premiados com smartphones, incentivando ainda mais a criatividade e a busca por soluções para problemas do cotidiano da comunidade em que vivem.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa