Hoje é sexta-feira, 24 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALDia 8 de março é celebrado com uma homenagem às Mulheres do...

Dia 8 de março é celebrado com uma homenagem às Mulheres do Samba pela Orquestra Brasileira

Sob a regência de Luiz Gustavo Zago, o espetáculo acontecerá no Teatro Ademir Rosa (CIC) às 20h30 com participações de Camélia Martins, Juliana D Passos e Bárbara Damásio.

Para comemorar o Dia Internacional das Mulheres, a Orquestra Brasileira apresenta um pouco da história do samba, através de canções que ficaram conhecidas nas vozes de grandes cantoras e compositoras que entraram para a história dos cem anos desse gênero musical. O espetáculo acontece no próximo dia 8, às 20h30 no Teatro Ademir Rosa (CIC) em Florianópolis. Os ingressos já estão disponíveis pelo Sympla.

“Mulheres do Samba” traz artistas conhecidas do público da capital: Camélia Martins, Juliana D Passos e Bárbara Damásio para, junto com a Orquestra Brasileira, homenagear compositoras como Dona Ivone Lara, Leci Brandão e Clementina de Jesus, além de intérpretes como Clara Nunes, Beth Carvalho e Maria Rita.

Responsável pela direção artística do show, o pianista e produtor musical catarinense, Luiz Gustavo Zago, tem boas expectativas para a noite do dia 8. “O show será um encontro entre grandes intérpretes e a Orquestra Brasileira que tem como missão buscar um equilíbrio entre o refinamento e a descontração, clássico e popular”, afirma o diretor.

No repertório estão canções consagradas como “O mar serenou”, “Sonho meu” e “Não deixe o samba morrer”, além de outras conhecidas pelo público. Fugindo da discussão sobre onde nasceu o samba, se na Bahia ou no Rio de Janeiro, sabe-se que em Florianópolis, o gênero é querido por milhares de pessoas que frequentam casas de
samba, bares e rodas de choro.

“A cena do samba aqui em Floripa é muito forte, tem grandes intérpretes e um público cativo que ama essa manifestação que fala tanto sobre nossa brasilidade. Redutos do samba como o Rancho do Bastião, Canto do Noel, Bar de Raiz, trazem sempre uma programação com nossos bambas”, ressalta Zago.

Dessa vez, o samba será no Teatro Ademir Rosa (CIC) e na formação da Orquestra Brasileira estão Luiz Gustavo Zago na regência e piano, Eduardo Pimentel, Igor Ishikawa e Filipe Müller nos violões, Tiê Pereira no contrabaixo acústico. No cavaquinho, Duh Romão, no bandolim, Lucas Martinez. Rafael Petry no acordeon e Richard Montano na bateria. A percussão é com Alexandre Damaria. Na flauta transversal Ana Luisa Remor e na flauta/sax, Elio Vistel. Arranjos de Luiz Gustavo Zago. Neste ano, a Orquestra Brasileira prevê outros shows e participações em novos projetos para ampliar a circulação dos seus
espetáculos.

AGENDE-SE

ORQUESTRA BRASILEIRA – MULHERES DO SAMBA

Participação especial de Camélia Martins, Juliana D Passos e Bárbara Damásio.

Direção Artística: Luiz Gustavo Zago

Produção: Marte Cultural

Quarta-feira (08/março), às 20h30

Teatro Ademir Rosa (CIC)

Ingressos: Sympla [1]

Classificação: livre.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa