Hoje é segunda-feira, 24 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioECONOMIADia dos Namorados: Procon da Capital pesquisa presentes para os casais

Dia dos Namorados: Procon da Capital pesquisa presentes para os casais

Foram analisados mais de 30 produtos em 10 estabelecimentos diferentes

Com o propósito de auxiliar os casais na busca por uma recordação especial para seus companheiros, a Prefeitura de Florianópolis, por meio do Procon Municipal, está divulgando nesta segunda-feira, 10, a pesquisa de preços de presentes para o Dia dos Namorados.

Os agentes do órgão defensor dos direitos do consumidor, visitaram 10 locais e analisaram mais de 30 produtos e serviços. Foram levantados valores de produtos como perfumes, flores, restaurantes e joias.

A opção mais acessível encontrada foi para jantares, com uma sequência de sashimi por R$ 109,00 e também a opção de Gnocchi pelo mesmo valor de R$ 109,00 por porção. Os restaurantes, apresentaram um aumento de cerca de 0,16% nos preços médios em comparação com 2023.

Para os casais que apreciam presentes com significado especial, as flores foram identificadas com uma média de preço de R$ 288,63. A opção mais econômica foi uma cesta de café da manhã, vendida por R$ 150,00. Quanto ao buquê de rosas mais acessível, está disponível por R$ 239,00.

Em comparação ao ano anterior, o valor médio dos buquês contendo 12 rosas importadas registrou um aumento de cerca de 5,62%. Em 2023, a média de preço era de R$ 267,33.

E para os casais apaixonados que apreciam joias, a média de preço neste ano é de R$ 718,37. Os motéis apresentam uma média de preço de R$ 332,50, com uma estadia média de 2 a 5 horas, dependendo do estabelecimento.

Segundo o diretor do Procon Municipal, Alexandre Farias Luz, as pesquisas de datas comemorativas são uma maneira de auxiliar aqueles que não dispõem de tempo para procurar produtos no comércio. “Por isso, elaboramos uma lista dos itens mais adquiridos nesta época do ano, para que o consumidor possa ter uma visão geral do que está sendo oferecido e escolher o que se encaixa melhor em seu orçamento”.

O secretário de Governo da capital, André Alves, explica como a pesquisa pode auxiliar os consumidores. “Com uma variedade tão grande de produtos disponíveis, os consumidores podem ser levados a comprar por impulso ou a gastar mais do que deveriam, e nossa meta é evitar que isso ocorra”.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa