Hoje é quinta-feira, 30 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALExposição Impermanência reúne obras de quatro artistas visuais na Univali

Exposição Impermanência reúne obras de quatro artistas visuais na Univali

Mostra pode ser contemplada até 12 de junho, no campus Biguaçu

A Universidade do Vale do Itajaí (Univali), campus Biguaçu, recebe até 12 de junho a exposição “Impermanência”, dos artistas visuais Ana Clara Souza, Carolina Abreu, Leo Schuler e Nivaldo Kloppel. A entrada é gratuita e aberta ao público em geral.

O artista Leo Schuler explica que as obras expostas se ligam por meio da temática da transitoriedade universal e da beleza do efêmero.

“O filosofo pré-socrático Heráclito, descreveu o mundo como uma grande chama. Fluxos de energia sempre em movimento, onde intensidades surgem e desaparecem em constante transformação. Ao enxergar o mundo desta maneira, a categorização das coisas começa a parecer inútil. O ‘ser’ das coisas perde seu significado. ‘Coisas’ tornam-se apenas padrões que se espalham e se transformam pelo universo, como vórtices de um fluxo turbulento. A dança caótica de um fogo que consome a si mesmo, eternamente momentâneo”.

A exposição “Impermanência”, é organizada pela Coordenação de Arte e Cultura, vinculada a Vice-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, e as Galerias de Arte Univali. De segunda a sexta, a mostra pode ser visitada das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. No período da noite, as obras podem ser contempladas de segunda a quarta, das 18h às 21h30.

Sobre os artistas

Ana Clara Souza – É artista visual, formada em publicidade e propaganda, trabalha com design, marketing e comunicação. Fundadora do projeto Beco (2016), uma iniciativa que se dedica à arte de rua e explora o poder e impacto das palavras no ambiente urbano. Como artista, desenvolve técnicas como lambes de rua, grafite, stickers, pintura, entre outras.

Carolina Abreu – Desenvolve sua pesquisa artística visual através do desenho a carvão, ilustração, pintura, animação 2D, experimentações fotográficas, musicais e audiovisuais. Acredita na arte, em todas as suas formas, como ferramenta de transformação social.

Leo Schuler – É artista visual de Florianópolis. Estudou pintura com Ari de Goes e desenho acadêmico com Ney de Los Santos. Utiliza técnicas variadas como óleo, acrílico e carvão. Procura representar a figura humana em imagem que exploram temas psicológicos e metafísicos.

Nivaldo Kloppel – É formado em artes visuais, mas de forma autodidata se se aventurou por técnicas de desenho e pintura, pirografia, serigrafia, xilogravura, grafite, pintura a óleo, acrílica, trabalhos com matérias reciclados e até mesmo confecção de carros alegóricos de carnaval. Já participou de mais de trinta exposições individuais e coletivas. Atualmente, é Diretor de Artes da Fundação Cultural de Navegantes.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa