Hoje é quarta-feira, 24 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALExposição sobre Antônio Francisco Machado marca aniversário de 21 anos do CEM...

Exposição sobre Antônio Francisco Machado marca aniversário de 21 anos do CEM Forquilhão

Comemoração contou com corte de bolo, parabéns e lançamento de rádio educativa

O Centro Educacional Municipal (CEM) Antônio Francisco Machado (CEM) Forquilhão abriu nesta quinta-feira (21) a exposição em homenagem ao patrono da escola, marcando também o aniversário de 21 anos da instituição. A mostra, destinada a alunos e professores, reúne fotografias antigas, uma escultura em fibra de vidro, documentos originais e um vídeo informativo de 12 minutos sobre a vida e atividades do Seu Machadinho, como era carinhosamente conhecido.

O prefeito Orvino Coelho de Ávila – acompanhado da secretária de Educação, Rose Bartucheski, da adjunta Cláudia Macário, da assessora pedagógica Kerle Machado e do vereador Cléber Fabiano Goulart (Binho) – prestigiou a exposição nesta manhã. Amigo do Seu Machadinho, o prefeito lembrou que ele era muito alegre, brincalhão e comunicativo. Apesar de ter frequentado a escola por poucos anos, era muito dedicado à leitura; alguns até se referiam a ele como “enciclopédico”.

Nascido em 8 de setembro de 1913, no bairro Potecas, região próxima à escola, começou a trabalhar ainda jovem em um comércio na Praia Comprida. Ali aprendeu o ofício e montou o próprio negócio em Potecas. Casou e teve quatro filhos. Exerceu diversas atividades profissionais, como agricultor, caixeiro, carregador do Mercado Público de Florianópolis e comerciante. Em 1944, trocou um terreno em Potecas por outro no Centro Histórico com Benjamin Gerlach. “Lá ele logo iniciou o trabalho na Prefeitura de São José, dentro do órgão do IBGE, que naquela época fazia parte do município. Trabalhou muitos anos no IBGE. Em 1955, foi candidato a prefeito de São José e perdeu a eleição por poucos votos para o médico Dr. Homero de Miranda Gomes, que era seu amigo. Em 1961, foi nomeado pelo governador como prefeito de Angelina. Depois, de 1997 a 2002, foi o primeiro diretor do Museu Histórico de São José”, complementou a professora Simone Souza, que organizou a exposição.

Antônio Francisco Machado faleceu em 1º de setembro de 2002, em São José, deixando um legado histórico e cultural. Em 20 de março de 2003, é inaugurado o CEM Forquilhinha. Em junho de 2003, a unidade passa a ser denominada CEM Antônio Francisco Machado em sua homenagem.

Simone contou com a ajuda de personalidades importantes para São José para montar a mostra. Osni Machado, historiador e filho de Antônio Francisco Machado, colaborou emprestando documentos originais, fotos e vídeos pessoais e de época, além de compartilhar histórias sobre seu pai. O renomado artista plástico Plínio Verani emprestou a escultura em fibra de vidro de tamanho real e elaborou um vídeo, ilustrando a vida e os feitos de Seu Machadinho.

A secretária Municipal de Educação, Rose Bartuckeski, parabenizou os profissionais do CEM Forquilhão pelo resgate histórico. “Muito importante familiarizar alunos, professores e funcionários com a história do patrono da escola e de sua relevância para a comunidade”, citou.

A diretora Sabrina Osório da Silva lembrou que a exposição faz parte das comemorações de aniversário da escola, que tem a história retratada na exposição em linha do tempo por fatos e fotos. “A exposição é uma parte essencial das comemorações do aniversário da nossa escola. Além de proporcionar essa oportunidade única de conhecermos melhor a história do CEM Forquilhão e de Antônio Francisco Machado, tivemos momentos de celebração, como o corte do bolo, os parabéns e o lançamento da nossa Web Rádio Educativa Forquilhão. Estamos muito felizes em compartilhar esses momentos especiais”, frisou.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa