Hoje é segunda-feira, 20 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALFuncionários da prefeitura da Capital soltam a voz no Festival Escolar da...

Funcionários da prefeitura da Capital soltam a voz no Festival Escolar da Canção

Na segunda edição do evento, Secretaria de Educação de Florianópolis abre espaço para os servidores

Uma professora, um motorista, uma auxiliar de sala e uma auxiliar de serviços gerais. O que eles têm em comum? O amor pela música. Pode ser reggae, MPB ou música gospel. Gisele Dias, José Carlos Martins, Marcele Alves de Souza e Marlete Aparecida Tives participarão do Festival Escolar da Canção organizado pela Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação (SME).

Em sua segunda edição, o evento tem agora uma nova categoria, a dos Profissionais da Educação. O quarteto pisará no palco na primeira etapa do festival que ocorrerá no dia 19 de maio, domingo, no Teatro Menino Jesus, no Centro da cidade. Nas demais etapas também haverá funcionários da SME.

Para Gisele Dias, professora dos anos iniciais, 44 anos, a música faz parte da vida dela desde sempre, a partir das músicas que o pai dela escutava e dos grupos de canto e coral de igreja em que ela estava envolvida, tanto na adolescência como na fase adulta.

“A música me desperta muitos sentimentos positivos e acredito que essa energia que tiro dela seja muito bacana para a vida do outro”.

Marcele Alves de Souza, auxiliar de sala, 47 anos, define a música como “aquela companhia que diz o que eu não consigo expressar”. O motorista José Carlos, o Zé, 56 anos, cita o filósofo alemão Friedrich Nietzsche para afirmar que “sem a música a vida seria um erro”.

A auxiliar de serviços gerais, Marlete Tives, 51 anos, refere-se à essa combinação harmoniosa e expressiva de sons como algo que envolve e aproxima as pessoas, proporcionando, momentos de grandes emoções. “A música mexe na alma das pessoas”, complementa.

E por que essa turma resolveu se inscrever no Festival Escolar da Canção?

“Eu e minha parceira de dupla (Marcele) sempre cantamos de manhã cedinho para deixar nosso dia mais leve. Ela ficou meio apavorada quando lancei a ideia, mas depois topou”, dispara Gisele Dias. “Sairei da zona de conforto e me desafiarei a enfrentar o público”, enfatiza Marcele.

O motorista Zé, frequentador de karaokê, brinca relatando que pisará no palco por “pressão de amigos” que adoram ouvi-lo cantar.

Marlete Tives é a única do quarteto que já soltou a voz num programa de calouros de televisão na Grande Florianópolis. Resolveu se inscrever no festival para contribuir com a iniciativa da Prefeitura em ter lançado a categoria Profissionais da Educação.

Toca Raul, Ivete e grupo A Voz da Verdade

Gisele Dias e Marcele de Souza irão entoar “Flor do Reggae”, de Ivete Sangalo. “Um brilho de amor chegou/Na ilha inteira/E a lua que traz amor/É lua cheia/Um grito de dor que vem/Do peito de quem amou alguém”. O motora Zé cantará para a galera “Meu Amigo Pedro”, de Raul Seixas.
“Todos os caminhos são iguais/ O que leva à glória ou à perdição/Há tantos caminhos tantas portas/Mas somente um tem coração”.

Marlete Tives vai de música gospel, do grupo A Voz da Verdade. Conforme a auxiliar de serviços gerais, para enaltecer e adorar Deus e alegrar os corações de quem precisa ser alcançado através da mensagem que a música passa. “Por toda a minha vida/Ó senhor, te louvarei/Pois, meu fôlego é a tua vida/E nunca me cansarei”, diz um trecho da música O Escudo.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa