Hoje é sábado, 13 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALInverno em Santa Catarina terá pouco frio e influência do El...

Inverno em Santa Catarina terá pouco frio e influência do El Niño

A previsão climatológica da Epagri aponta que nos próximos três meses haverá poucos dias de frio intenso

O inverno começa às 11h58 desta quarta-feira, 21, no Hemisfério Sul. A previsão climatológica da Epagri aponta que nos próximos três meses haverá poucos dias de frio intenso e atuação do fenômeno El Niño.

O que esperar

Precipitação:

Em junho, a previsão é de chuva próxima da média climatológica, mal distribuída e escassa em alguns períodos. Nos meses de julho e agosto a tendência é de aumento da chuva em Santa Catarina, com totais mais elevados, resultando em chuva próxima a acima da média climatológica.

Destaque para chuva forte, com totais elevados em curto intervalo de tempo, temporais com forte atividade elétrica (raios), granizo e ventania, ondas de frio e períodos de estiagem podem ocorrer no inverno de 2023. Acompanhe a atualização dos avisos meteorológicos diários, na página da Epagri/Ciram e redes sociais

Climatologia (o que se espera para época do ano):

Os meses de junho e julho são bem parecidos em relação à média climatológica de chuva, variando de 70 a 140 mm do Planalto ao Litoral e, de 110 a 170 mm no Oeste e Meio-Oeste, sendo o mês de junho um pouco menos chuvoso em relação a julho. Em agosto a média de chuva sobe um pouco em relação a julho, variando de 110 a 190 mm no Oeste, Meio-Oeste e Planalto e de 110 a 150 mm no Vale do Itajaí e Litoral.

A chuva é preferencialmente causada pela influência de frentes frias, sistemas de baixa pressão e a corrente de jato (ventos fortes em altos níveis da atmosfera). Também é a época de atuação frequente dos ciclones extratropicais próximos ao litoral Sul do Brasil, que oferecem perigo às embarcações, com ventos fortes e mar agitado, que muitas vezes resultam em ressaca.

Temperatura:

No trimestre a previsão é de pouco frio em SC, com temperatura próxima à acima da média climatológica. Nos próximos meses algumas massas de ar frio chegam ao Sul do Brasil, provocando frio mais abrangente, com formação de geada ampla em Santa Catarina. Episódios de neve podem ocorrer associados às massas de ar frio, sobretudo no Planalto Sul. No entanto, neste inverno não tem indicativo de frio duradouro, as massas de ar frio devem intercalar com períodos mais aquecidos. Também são esperados dias consecutivos de temperatura elevada (acima de 30ºC), caracterizando veranicos que devem ser mais frequentes neste ano. Outra caraterística da estação são os nevoeiros, associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade.

Temperatura da Superfície do Mar (TSM):

Em abril e maio de 2023 a TSM seguiu elevada em todo o Pacífico Equatorial, com anomalia positiva de 0,5°C a 1,5°C, com maior anomalia de 2,5°C a 3,5°C no Niño 1+2 (Figuras 1 e 2), condição associada à desconfiguração da La Niña. No inverno de 2023 a previsão é de anomalia positiva no Pacífico Equatorial, com estabelecimento do El Niño de intensidade moderada a forte.

Nas águas do Atlântico Sudoeste observa-se anomalia positiva em torno de 2°C entre anomalias negativas de -1,0°C a -2,0°C (Figuras 1 e 2). A tendência para os próximos meses é que permanece essa condição de TSM.

Elaboração do boletim: Gilsânia Cruz e Marilene de Lima (Meteorologistas)

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa