Hoje é sábado, 13 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioColuna do EditorOrvino e Michel anunciam mais de R$ 50 mi em investimentos; os...

Orvino e Michel anunciam mais de R$ 50 mi em investimentos; os candidatos a vice do Topázio e outras notas

Ordens de serviços para pavimentação e iluminação foram entregues nesta segunda (14) abrindo a programação do aniversário de 273 anos de São José; veja também quem quer ser vice de Topázio; comitiva açoriana na Festa do aniversário da Capital e a balbúrdia da esquerda na audiência do Plano Diretor

Orvino e Michel anunciam mais de R$ 50 mi em investimentos

Para marcar o início das programações do aniversário de 273 anos de São José o prefeito Orvino Coelho de Ávila e seu vice Michel Schlemper lançaram em ato na sede da prefeitura ordens de serviço para mais de R$ 50 milhões em investimento, sendo R$ 40 milhões na pavimentação de 31 ruas em vários bairros e mais de R$ 13 milhões em iluminação pública.

As pavimentações contemplarão ruas nos seguintes bairros: Barreiros, Nossa Senhora do Rosário, Roçado, Serraria, Areias, Jardim Cidade, Colônia Santana, Sertão do Maruim, Areias, Sertão do Maruim, Forquilhas, Forquilhinha, Picadas do Sul e Forquilhas/São Luiz.

As ruas foram escolhidas através de estudo técnico visando melhorar o trânsito. Além da pesquisa técnica, Orvino atendeu reivindicação de munícipes, vereadores e empresários. Os canais da Ouvidoria também foram aliados para trazer embasamento nas informações. “Será uma semana especial e vamos lançar muitas iniciativas ainda”, anunciou o prefeito.

Iluminação pública

Na área de iluminação pública o prefeito Orvino e seu vice Michel deram ordem de serviço para mais uma etapa no projeto que visa a substituição da iluminação atual da cidade por luminárias em LED, mais modernas e econômicas. A nova etapa abrange 904 ruas. Serão mais 10.853 luminárias de LED distribuídas em 17 bairros. O investimento é de R$ 13.626.515,91. A previsão para conclusão das trocas é março de 2024.

As novas luminárias trarão economia de até 60% dos gastos com a energia e a redução de emissão do gás carbônico. Outro benefício da mudança é no menor custo da manutenção com a maior vida útil das novas lâmpadas. “Esse é um investimento em economia, meio ambiente, mas, acima de tudo, na segurança da nossa população”, analisou o vice-prefeito.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Comitiva açoriana

Uma comitiva de açorianos participará de algumas agendas durante as festividades dos 350 anos de Florianópolis. O objetivo é celebrar os 275 anos da presença açoriana por aqui. Além de alguns eventos organizados pela prefeitura, eles também estarão na tradicional festa Ricaldinho da Ilha, em um evento solene da Câmara da Capital e em um jantar com o governador Jorginho Mello (PL). Outra programação que vai dar o que falar será uma partida de futebol contra um time local. Além de Floripa eles percorrerão outros locais do Sul do Brasil, com forte presença açoriana.

Para quem não sabe, em 6 de agosto de 1748 desembarcaram na Ilha de Santa Catarina os primeiros 461 açorianos e açorianas, de um total de quase 6 mil, que chegaram a Santa Catarina entre 1748 e 1754.

A democracia da esquerda

Tamanha falta de educação, compostura e respeito de militantes de esquerda que impediram a realização da última audiência pública da revisão do Plano Diretor de Florianópolis. A reunião teve que ser encerrada diante da balbúrdia na noite desta segunda-feira (14), na Assembleia Legislativa e 70 pessoas inscritas para debater a proposta não puderam se manifestar.

A contrariedade a pontos da peça é normal. Justamente por isso, para ouvir quem pensa diferente, que a prefeitura, autora da proposta, realizou audiências públicas e agora a Câmara está realizando igualmente suas audiências públicas dentro das suas comissões técnicas. O que não pode e é totalmente antidemocrático é querer ganhar no grito, na ameaça, no impedimento do outro de falar.

Logo a esquerda que se rasgou falando de democracia durante o período eleitoral nacional passado e agora deu esse péssimo exemplo em Florianópolis. “Infelizmente eu ia concluir a última audiência, eles dizem que querem debater, mas não deixam ninguém falar, então todo mundo que estava inscrito perdeu sua chance de falar na última Audiência”, destaca a vereadora Manu Vieira (Novo), que presidia a audiência pública no momento.

E agora?

Agora o Plano Diretor da Capital será remetido à Comissão de Constituição e Justiça (que deve se reunir nesta quarta -15), ao Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) e ao Conselho da Cidade, para análise das emendas apresentadas pelas comissões. As comissões que apresentaram pareceres com emenda foram as seguintes: Constituição e Justiça, com 30 emendas; Viação, Obras Públicas e Urbanismo, com 3 emendas e Meio Ambiente com 7 emendas.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Candidatos a vice

Com a consolidação do projeto de reeleição do prefeito Topázio Neto (PSD) na Capital, ao que tudo indica, a disputa mais emocionante será a escolha do (a) seu vice. Lembrando que o prefeito não tem vice, pois ele próprio era vice do ex-prefeito Gean Loureiro (UB), sendo assim, tem essa vaga em aberto.

Nos bastidores duas lideranças políticas estão em franca ocupação de espaços. Caso o projeto Topázio busque um alinhamento com o segmento mais conservador do Partido Liberal do governador Jorginho Mello, quem está tentando se posicionar para ser vice é a vereadora Maryanne Mattos.

Em outro cenário, quem está jogando para ocupar esse espaço é o ex-vereador Ed Pereira (UB), atualmente secretário de Cultura, Esporte e Juventude. Na eleição em 2022 ele renunciou a cadeira na Câmara da Capital para se candidatar a deputado federal. Fez 43.396 votos e não se elegeu. O detalhe é que legalmente não precisaria ter renunciado para ser candidato. Como não se elegeu, ficou sem a vaga de vereador e foi chamado pelo prefeito Topázio para ser secretário de Esporte. Há quem diga que Ed já está até passando seus cabos eleitorais para o vereador Dinho, tamanha a confiança que vai emplacar na vice.

Só lembrando que em política, candidato a vice não existe. Ou é candidato a prefeito e acaba virando vice ou nada é.

Acessibilidade nas praias

O vereador Gabrielzinho (Podemos) fez uma vistoria nas praias de Florianópolis para verificar a acessibilidade.  Ao todo, foram fiscalizadas 10 praias do norte, sul e leste da Ilha, e foi constatado que a maioria delas não cumpre todos os requisitos.

A falta de rampas em boas condições para acesso e placas informando que as praias são acessíveis foram os principais pontos analisados pelo vereador, que já encaminhou um relatório à Prefeitura. “Mesmo com a questão da cadeira anfíbia, a logística ainda é precária. É preciso ter um acesso adequado para que os banhistas, turistas e pessoas com deficiência possam usufruir das praias”, falou Gabrielzinho.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa