google.com, pub-9039894567170353, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Hoje é sexta-feira, 1 de março de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioSEGURANÇAPolícia Civil deflagra operação e sete pessoas são presas em flagrante em...

Polícia Civil deflagra operação e sete pessoas são presas em flagrante em Garopaba e São José

O objetivo foi capturar integrantes de uma organização criminosa suspeita de atuar na fronteira entre o Brasil e o Paraguai

Nesta segunda-feira (9), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DRACO/DEIC/PCSC), deflagrou uma operação e prendeu em flagrante sete pessoas.

O objetivo foi capturar integrantes de uma organização criminosa suspeita de atuar na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. As autuações em flagrante foram pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e uso de documento falso.

Na ação dessa segunda-feira (9), foi dado cumprimento a dois mandados de busca e apreensão, um na Praia de Gamboa, em Garopaba, e outro no bairro Areias, em São José. Na ocasião, duas pistolas, munições, carregadores, droga (skunk), dinheiro e aparelhos celulares foram apreendidos.

Dentre os presos, dois eram foragidos da Justiça do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul por investigações decorrentes dos crimes de homicídio, sendo que um deles tinha três mandados de prisão em aberto. Os presos são naturais de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e do Paraguai.

Um dos homens presos é suspeito da autoria da morte da uma grávida de gêmeas, executada na Fronteira entre o Brasil e o Paraguai no final de dezembro de 2021. Já o outro é investigado pela morte de um homem em dezembro de 2018.

A ação contou com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais da Polícia Civil de Santa Catarina. Já as investigações, que foram conduzidas pela DRACO/DEIC/PCSC, contaram com informações da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, fornecidas por meio da DRACCO e da 2ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa