Hoje é sexta-feira, 24 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPraça de Potecas é revitalizada e terá parque infantil e academia ao...

Praça de Potecas é revitalizada e terá parque infantil e academia ao ar livre

Espaço de lazer vai ganhar bancos, mesas, lixeiras, kits de traves para quadra, entre outros equipamentos

“Quando vão tirar os sacos plásticos dos brinquedos?”, pergunta Henrique, 10 anos, em relação aos equipamentos infantis que serão inaugurados na Praça Walmor Raulino Júnior – localizada na Rua Hamilton de Lima, em Potecas. O parque infantil começou a ser instalado e terá playground com torres, escorregadores, gangorra e carrossel. A área de lazer passa por obras de reparo e revitalização, que devem ser concluídas num prazo de 90 dias.

Henrique brinca todos os dias na praça com os primos Felipe e Miguel, que passam a maior parte do tempo jogando futebol na quadra. Enquanto a obra não é concluída, os meninos se utilizam de uma trave imaginária, demarcada com pedras de uma ponta a outra. As crianças não veem a hora de a praça ficar pronta. Para os “pequenos munícipes” , a brincadeira é levada a sério e têm demandas próprias: “Queremos um brinquedo de escalada!”, afirmam.

A Praça Walmor Raulino Júnior teve as obras de recuperação interrompidas em virtude da rescisão do contrato com a empresa que venceu a licitação anterior. Para resolver o impasse, o Executivo abriu uma nova licitação para a retomada da obra.

Os trabalhos recomeçaram em dezembro do ano passado. A revitalização prevê a pintura da quadra, os reparos aos estragos causados por vândalos; a instalação de academia ao ar livre, bancos, mesas lixeiras, parque infantil, kits de traves, cestas de basquete e demais periféricos para a quadra. O espaço ainda vai receber arborização e ornamentação de plantas.

Também morando do bairro, João Vitor Santos não economiza esforços quando o assunto é a praça de Potecas. Chegou a acessar o canal de comunicação do Instagram da Prefeitura de São José, pedindo providências para o espaço. “Quando há a necessidade da praça ser capinada, entro em contato com o Instagram da Prefeitura de São José, e sempre saio com alguma resposta; eles realizam a limpeza periódica daqui,” afirma.

O morador acrescenta que a nova praça será um local propício para idosos e crianças; inclusive, ele mesmo será um dos frequentadores, levando o sobrinho pequeno para brincar na área infantil.

O ESPAÇO

A praça de Potecas tem 1.500 metros quadrados e a missão de atender 6 mil habitantes, conforme o último censo emitido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o fiscal da obra Rubens Pereira Júnior, até o momento foram feitos serviços de reparos na quadra e pavimentação.

A recuperação da praça custará R$ 204 mil. “Nosso compromisso enquanto Município foi desenvolver nova solução de contratação de empresa especializada neste tipo de serviço para garantir utilização deste espaço pela população que tanto esperava por um espaço público de qualidade na comunidade,” informa o secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Pedro Paulo, a comunidade de Potecas.

PRAÇAS BRASILEIRAS

As primeiras praças surgiram nos primórdios da Grécia Antiga e Roma, eram locais planejados para fornecer conhecimento e tomada de decisões, por esse motivo eram espaços bem cuidados.

O contexto da praça vai de acordo com cada país, as praças brasileiras tiveram influências dos imigrantes italianos, portugueses e espanhóis, por meio de largos confeccionados no período colonial, geralmente posicionados em frente às igrejas, a exemplo da Praça Hercílio Luz, localizada no Centro Histórico de São José, em frente a Igreja Matriz, com palmeiras imperiais plantadas em 20 de abril de 1903, foi urbanizada em 1920, com vegetação, mesas, bancos, passeios por pedras portuguesas, com um pequeno coreto centralizado, que serve atualmente para apresentações artísticas e musicais.

Entre os benefícios promovidos pelas praças, está a socialização de moradores e crianças, como o caso dos primos Henrique, Felipe e Miguel do bairro Potecas em São José que ganham um espaço para se desenvolverem e estimularem a saúde; a revitalização de espaços que estavam ociosos, atraindo moradores e visitantes.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa