Hoje é quarta-feira, 12 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPrefeitura da Capital entrega diplomas para alunos da Educação de Jovens, Adultos...

Prefeitura da Capital entrega diplomas para alunos da Educação de Jovens, Adultos e Idosos Pop Rua

A Prefeitura de Florianópolis, por meio das Secretarias Municipais de Assistência Social e Educação, promoveu uma cerimônia de formatura para 16 acolhidos do abrigo Passarela da Cidadania que finalizaram seus estudos neste ano na Educação de Jovens, Adultos e Idosos para População de Rua (EJA Pop Rua). Os formandos concluíram seus estudos no ensino fundamental (9° ano) no polo de educação que é ofertado na Passarela do Samba Nego Quirido e operado pela EJA Continente II.

Essa modalidade de ensino, que é voltada para quem não conseguiu concluir os estudos em tempo convencional, proporciona novas oportunidades e é uma importante ferramenta de inclusão social. “Estou realizada, consegui um sonho antigo. A Passarela deu essa oportunidade para a gente, e agora eu quero continuar, seguir estudando e conseguir uma chance de trabalhar, ter mais estabilidade”, comemora Raimunda Souza, de 47 anos. Junto dela, concluíram essa etapa de estudos Vanuza e Leandro Duarte, mãe e filho, de 53 e 25 anos. Ambos também estão acolhidos no serviço e celebraram a formatura como um recomeço.

A implementação de um polo da EJA na Passarela da Cidadania visa aproximar os usuários do acesso à educação e da construção de um novo projeto de vida. Fábio Silva, um dos professores desta turma, explica que as metodologias pedagógicas utilizadas mesclam ensino e pesquisa com as próprias vivências dos acolhidos. “É emocionante ver eles conquistando esse certificado. Nosso trabalho é feito coletivamente, é um processo de troca, nós aprendemos com eles e eles com a gente”, explica. As matrículas no EJA Pop Rua podem ser feitas durante todo o período letivo na própria Passarela.

“A educação que ofertamos traz a oportunidade de transformação, os acolhidos que se formaram deram um passo essencial para a estruturação de suas vidas. É um dos muitos trabalhos que desenvolvemos para promover a reinserção social dessas pessoas”, pontua Leandro Lima, secretário Municipal de Assistência Social.

“A Educação de Jovens e Adultos da rede municipal, implementada na passarela com as pessoas em situação de rua, visa proporcionar oportunidades aos estudantes de finalizarem o seu ensino fundamental e conseguirem buscar na sociedade o seu espaço de cidadão”, lembra a secretária de Educação, professora Fabricia Luiz Souza.

A secretária ainda enfatiza que “onde houver necessidade, a Prefeitura irá abrir um polo de Educação de Jovens, Adultos e Idosos”. Ao todo, 1.426 pessoas frequentam as 25 localidades da EJA, espalhadas pela Ilha e Continente.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa