Hoje é quinta-feira, 18 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPrograma da LBV ajuda a encerrar ciclos de violência contra a mulher

Programa da LBV ajuda a encerrar ciclos de violência contra a mulher

O atendimento acolhe mulheres que sofrem ou já sofreram algum tipo de violência, oferecendo apoio psicológico gratuito e on-line para todo o Brasil

A violência contra a mulher, infelizmente, ainda é um cenário comum. De acordo com os dados da 10ª edição da Pesquisa Nacional contra a Mulher, divulgada pelo Instituto DataSenado em parceria com o Observatório da Mulher contra a Violência (OMV), em 2023 cerca de 25,4 milhões de brasileiras já foram vítimas de violência em algum momento da vida. A mais frequente é a psicológica, seguida pela moral e física.

Pensando nesta grave situação, a Legião da Boa Vontade (LBV) intensifica o atendimento psicológico, por meio do programa Ser Mulher, para pessoas do gênero feminino a partir dos 12 anos, priorizando as que se encontram em situação de pobreza. O atendimento é on-line, gratuito, de forma a oportunizar apoio emocional, melhora da autoestima, autoconhecimento e empoderamento.

As inscrições podem ser feitas de qualquer parte do Brasil pelo WhatsApp (11) 99996-6557. Após o contato, é só aguardar a primeira sessão, de acordo com a agenda dos profissionais disponíveis. Para outras informações, acesse www.lbv.org.br/programa-ser-mulher.

Se deseja atuar como psicóloga voluntária, se inscreva!

Psicólogas de todo Brasil que queiram atuar como voluntárias no Programa, podem se inscrever. A atividade consiste em prestar atendimento a mulheres e meninas com vivências de violência em todas as suas manifestações. Para atuar nesse trabalho é importante que esse profissional seja mulher, que tenha formação em Psicologia, registro ativo no Conselho Regional de Psicologia (CRP) e disponibilidade mínima de duas horas semanais.

Para se tornar um voluntário é necessário acessar o link https://www.lbv.org/contato/seja-um-voluntario.

Acompanhe o perfil @LBVBrasil nas Redes Sociais e acompanhe o trabalho de proteção à mulher.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa