Hoje é domingo, 23 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
InícioGERALProjeto educacional analisa qualidade da água do Rio Forquilhas e contempla pintura...

Projeto educacional analisa qualidade da água do Rio Forquilhas e contempla pintura de bueiros

Objetivo é sensibilizar os estudantes e a comunidade para a preservação dos recursos naturais

Cinco escolas da rede municipal de São José estão participando do projeto “Nossa Água vai para o Mar”, que visa promover a educação ambiental e a conscientização sobre a importância da preservação da água.

Em outubro, os estudantes dos Centros Educacionais Municipais (CEMs) Professora Amélia Inácia de Medeiros Ludwig, Santa Terezinha, Maria Hortência Pereira Furtado, Antônio Francisco Machado (Forquilhão) e Sebastião Corrêa realizaram visita de estudo na bacia do Rio Forquilhas.

As turmas de cada escola analisaram características da paisagem local, como a presença ou ausência de mata ciliar, animais, residências, indústrias, estruturas viárias, e também fizeram a coleta da água para verificar as características físicas e químicas, como cor, cheiro, turbidez, PH, amônia, entre outros.

Os professores de Ciências e de Geografia das escolas envolvidas acompanham as atividades, relacionando os assuntos abordados durante o projeto com os componentes curriculares das aulas. “Na disciplina, estamos trabalhando recursos hídricos, bacias hidrográficas, hidrografia do Município e com esse projeto conseguimos fazer a conexão com o rio Forquilhas, aqui pertinho da escola”, explicou o professor de Geografia do CEM Professora Amélia Inácia de Medeiros Ludwig, Arnaldo de Araújo Ribeiro.

Com a amostra coletada, os estudantes retornaram à escola para fazer a análise. Utilizando um kit portátil, eles conferiram os parâmetros físicos e químicos. Os resultados serão apresentados em uma feira de ciências que está prevista para o dia 28 de novembro, na Escola Municipal do Meio Ambiente.

O projeto também contempla pintura de bueiros próximos às escolas participantes. A turma 61 do CEM Professora Amélia Inácia de Medeiros Ludwig foi a primeira a fazer a pintura na manhã desta segunda-feira (30).

As ilustrações de animais marinhos, feitas pelo artista Juan Mandala, são reproduzidas para o cenário urbano com a técnica de stencil, que transfere o desenho para outra superfície.

“Nós conversamos com os estudantes que os bueiros são super importantes e que precisam ser conservados de maneira adequada, evitando assim alagamentos e enchentes. Muitas pessoas jogam resíduos nos bueiros, entupindo os locais e impedindo o fluxo das águas. Nosso objetivo com a ação da pintura dos bueiros é chamar a atenção de todos que circulam pelas proximidades das escolas, mostrando que o impacto das nossas ações afeta a sustentabilidade dos oceanos”, citou a diretora da Escola Municipal do Meio Ambiente, Cinthya Persike.

Os alunos gostaram da atividade. “Estou pintando o nome do projeto ‘Nossa Água vai para o Mar’. Espero que contribua para a conscientização das pessoas, para elas entenderem que não podemos jogar lixo nas ruas ou bueiros, porque o destino é o rio e depois o mar”, opinou o estudante Lucas Livramento Pedreira, 12 anos.

A Escola Municipal do Meio Ambiente é parceira do projeto, desenvolvido pela Cepagro (Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo) com apoio da MRV e conta também com a participação da Agência de Gestão e Educação Ambiental (AGEA).

Outras turmas também realizarão atividades de pintura dos bueiros próximos às escolas até o dia 10 de novembro.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa