Hoje é sexta-feira, 12 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioNOTÍCIAReunião na Câmara de São José debate o lançamento do edital da...

Reunião na Câmara de São José debate o lançamento do edital da Beira-Mar de Barreiros

Prefeitura espera contar com toda a documentação necessária em até 45 dias; empréstimo já foi autorizado pela Câmara

A prefeitura de São josé espera poder lançar o edital para as obras da nova Beira-Mar de Barreiros em até 45 dias. O prazo foi apresentado pelo Secretário da Casa Civil, Luiz Fernando Verdine Salomon, em reunião pública promovida pela Câmara Municipal de São José na tarde desta terça-feira (26).

O Legislativo já autorizou o município a contrair o empréstimo de US$ 43,2 milhões (R$ 215 milhões) junto ao Fonplata (Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata) para a execução das obras. O governo federal será avalista e, segundo o secretário, até esta quarta-feira (27), os termos do contrato, que depois passará ainda pela Comissão de Assuntos Econômicos (Cae) do Senado, estarão definidos.

Técnicos do governo federal e do município participam de uma série de reuniões sobre o assunto desde a última segunda-feira.

A reunião pública serviu para atualizar os vereadores sobre o andamento dos trabalhos e a perspectiva para a execução das obras, que devem ter uma duração de 48 meses e ter início no segundo semestre deste ano.

“A Câmara deu uma importante contribuição nesse processo, garantindo a Lei Autorizativa, que permite a contratação do empréstimo. Agora estamos acompanhando os trabalhos cumprindo também a missão de fiscalizar as ações do Executivo”, explicou o presidente da Casa, vereador Matson Cé.

O secretário de infraestrutura do Município, Nardi Arruda, informou que município também está cuidando do licenciamento ambiental da obra. Segundo ele, os estudos duraram ao todo 12 meses, para que fossem avaliadas as quatro estações do ano. “É uma exigência para que se avalie o impacto ambiental de uma obra dessa magnitude. Mas o licenciamento ambiental já está protocolado no Ima, já está em análise e já tive retorno da equipe técnica com questionamentos. Agora nós estamos respondendo para podermos buscar a licença ambiental prévia”, destacou.

Nardi Arruda também lembrou que todo um esforço foi feito, dentro da secretaria, para se definir o melhor projeto para a Beira-Mar de Barreiros, que deve contar com uma pista auxiliar além das pistas rápidas de entrada e saída da cidade e acesso à Capital.

“Não só a Beira-Mar Continental, é a Beira-Mar de Barreiros, que se liga à Beira-Mar Continental de Florianópolis formando uma avenida que beneficia toda a região. Mas o nosso projeto ele contempla também uma pista auxiliar, já iniciando na rua Moura, que ajuda muito a desafogar o trânsito hoje da Leoberto Leal, criando um binário. Entregar toda a obra é o grande sonho do josefense e a gente tem hoje essa condição por meio desse projeto”, complementou.

Saiba mais

No total, a futura Avenida Beira-Mar de Barreiros terá uma extensão de 8,250 km e visa fazer a ligação entre a Beira-Mar Continental de Florianópolis e a BR-101. A parte que cabe a São José terá a extensão de 3,750 quilômetros. A obra toda está orçada em R$ 509 milhões: R$ 244 milhões de São José e R$ 265 milhões de Florianópolis. O projeto de São José contempla a implantação da via, no limite com Florianópolis, no Rio Büchler, até a ligação com a BR-101, no Rio Três Henriques, em Barreiros.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa