Hoje é quinta-feira, 18 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALSão José inicia imunização bivalente para 60 anos ou mais

São José inicia imunização bivalente para 60 anos ou mais

Nova remessa já está disponível nas unidade nas unidades de saúde do Município

A nova remessa de doses da vacina Pfizer Bivalente chegou e São José vai dar continuidade à vacinação. Nesta terça-feira (7), vai iniciar a segunda fase da Campanha, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS). A faixa etária, proposta pelo governo do Estado, foi ampliada para 60 anos ou mais. A população apta a receber o imunizante será ampliada, de acordo com a chegada de novas doses.

Conforme as orientações do Ministério da Saúde (MS) e Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), os primeiros contemplados são as pessoas com 70 anos ou mais, moradores e trabalhadores de instituições de longa permanência (ILP), imunocomprometidos, comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas, até enquanto durarem os estoques.

A vacina é uma versão atualizada das que já existem contra Covid-19. Chamada de Bivalente por conta das cepas que ela contém, pois além da cepa original ela também protege contra as subvariantes ômicron. As doses serão aplicadas até zerarem os estoques.

Quem só tomou uma dose até agora vai ter que tomar ainda a segunda dose da vacina para estar apto a tomar a bivalente, a qual poderá ser tomada após 4 meses da segunda dose. O intervalo de aplicação da dose de reforço com a vacina bivalente deve ser de, pelo menos, quatro meses após a finalização do esquema primário da vacina monovalente ( dose 1 e dose 2) ou aplicação da última dose de reforço.

São José já aplicou mais de 500 mil doses de Covid-19 entre dose 1 e dose 2, fora as doses de reforço, alcançando 97% de cobertura vacinal com a primeira dose e 92% com a segunda dose. A SMS reforça a importância de a população retornar às unidades de saúde para completarem o ciclo vacinal.

ORIENTAÇÕES

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que as pessoas que não fazem parte dos grupos prioritários para a aplicação da vacina bivalente devem seguir o esquema de vacinação divulgado anteriormente, com a aplicação das doses do esquema primário e doses de reforço monovalentes, de acordo com a faixa etária. Para receber a vacina, as pessoas precisam apresentar o documento de identificação e comprovante vacinal anterior.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa