Hoje é terça-feira, 25 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALSemana com agenda dupla no Projeto Museus Virtuais

Semana com agenda dupla no Projeto Museus Virtuais

Dois temas inéditos serão apresentados nos dias 04 e 07 de março, no Paradigma Cine Arte. Sessões integram a programação da 10ª temporada do projeto e são realizadas gratuitamente.

Uma agenda dupla e repleta de arte marcam a semana do projeto Museus Virtuais, do Instituto Maratona Cultural, realizado no Paradigma Cine Arte, em Florianópolis. Para iniciar, neste sábado (04), às 15h, será apresentado o tema “Casa de Artista”, e que levará o público para uma viagem para a casa onde viveram os pintores Rembrandt e Monet. Já na terça-feira (07), a sessão é às 19h30, com o tema  “Arte Palaciana: uma ópera de fausto e luxo” e que visitará o Palácio Ducal, em Veneza, o Versalhes, na França e a Ópera Garnier, em Paris, destacando os estilos clássico e rococó presente neste locais. Todas
as sessões são conduzidas pelo arte-educador Claudio Toscan. O Projeto Museus Virtuais é uma realização do Instituto Maratona Cultural e  viabilizado por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis, com apoio cultural do Corporate Park.

SERVIÇO

O quê: 10ª Temporada Projeto Museus Virtuais

Quando: 04 de março (sábado), às 15h; 07 de março (terça-feira), às 19h30

Local:Paradigma CineArte – SC-401, 8600 – bloco 8 sala 2 – Santo Antônio de Lisboa

Ingressos: gratuitos – respeitando a lotação do espaço.

Sinopse das sessões

Casa de Artista – Você já teve a curiosidade de saber como é a casa de um determinado artista? Esse roteiro irá te mostrar como eram as residências de dois grandes pintores do passado: Rembrandt e Monet. Como eram os ambientes, os métodos de trabalho desses mestres e de que modo se relacionavam com o lar/ateliê como fatores determinantes para
suas produções: luz, cor e composição.

Arte Palaciana: uma ópera de fausto e luxo – Em diferentes momentos históricos a arte e o poder estiveram relacionados. Líderes políticos eram mecenas de artistas que serviam nas decorações palacianas. Essa cultura se propagou do Renascimento ao século XX, tendo seu apogeu nas monarquias européias dos séculos XVII e XVIII. Sobretudo nos estilos clássico e rococó, os palácios eram luxuosamente decorados com adornos e materiais refinados, bem como pinturas e esculturas dos mais renomados artistas. Nesse roteiro iremos visitar o Palácio Ducal, em Veneza, o Versalhes, na França e um teatro em Paris, a Ópera Garnier,
para apreciarmos a exuberância e faustosidade desses locais.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa