Hoje é sexta-feira, 24 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioECONOMIATemporada fecha com bons números para bares e restaurantes de SC

Temporada fecha com bons números para bares e restaurantes de SC

A principal reclamação foi a questão do saneamento, com repercussão nacional

O setor de bares e restaurantes de Santa Catarina considerou a temporada positiva, segundo pesquisa da Abrasel SC divulgada nesta sexta-feira (03/03), que compilou dados principalmente das regiões litorâneas do estado – foram 111 empresas consultadas. De acordo com os representantes, 42,2% dos entrevistados revelaram que o movimento foi maior que no verão passado. Porém, 19,3% deles responderam que o nível ficou em pé de igualdade.

Segundo Juliana Mota, presidente da entidade, o gasto médio foi satisfatório para 45% dos empresários, comenta.

Sobre a origem dos turistas, foram registrados pelos operadores do segmento que o aumento maior foi da presença de argentinos (54%), enquanto 27% deles avaliaram ter sido igual à temporada passada. “Mesmo com a grave crise econômica do país vizinho, os argentinos vieram e em grande número”, considera Juliana. Segundo a pesquisa, foi registrado um aumento também de turistas brasileiros (12,7% de paulistas e 9,6% de gaúchos, por exemplo)”, relata.

O Carnaval também teve incremento – 30,3% deles consideram positivo e 21,1% festejaram ainda mais, levando em conta o cenário como muito melhor, frente a anos anteriores.

Dificuldades – Porém nem tudo foram flores. O impacto dos problemas de saneamento afastou muitos turistas, diante da falta de balneabilidade, com repercussão nacional, incorrendo em viroses decorrentes que atingiram boa parte dos visitantes e moradores durante o período do Réveillon. Para 37,6% dos entrevistados a questão foi grave, a ponto de claramente ter reflexo nos negócios.

A dificuldade em adquirir mão de obra de qualidade foi um dos maiores problemas. “A maioria teve esse problema. Porém, os contratos temporários servirão para que os colaboradores com mais excelência permaneçam no emprego. Algo em torno de 90%”, comemora a presidente.

A expectativa para a próxima temporada também é otimista. Entre os empresários, 49,5% têm essa impressão.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa