Hoje é quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALTopMed leva telemedicina para unidades de saúde

TopMed leva telemedicina para unidades de saúde

Empresa catarinense fornece teleconsulta pioneira na UBS de origem do paciente. Cidade de Aracaju foi a primeira a aderir à iniciativa, que já contabiliza 92,49% dos atendimentos solucionados sem necessidade de consulta presencial

Publicidadespot_img

Referência nacional em telemedicina e telessaúde, a TopMed amplia sua operação no Nordeste ao implantar na cidade de Aracaju um projeto precursor tanto no país quanto no exterior de alto índice de resolutividade que fornece telemedicina especializada em Unidades Básicas de Saúde. Com isso, as UBSs se transformam em um polo de telemedicina dentro do bairro do próprio paciente, acabando com a necessidade de sair de sua comunidade para obter atendimento especializado de saúde.

“Em comparação com o modo de operação padrão do Sistema Único de Saúde (SUS), nossa iniciativa é disruptiva, pois coloca o paciente no centro dos cuidados, evitando o afastamento da família e do trabalho para tratamento de saúde. Também representa economia para o poder público, seja em relação ao TFD (Tratamento Fora do Domicílio) ou à prevenção do agravamento de condições de saúde, o que evita tratamentos mais dispendiosos e mantém um alto nível de qualidade de vida aos munícipes”, observa Cleones Hostins, Head Comercial da TopMed.

O projeto, pioneiro também em âmbito internacional, iniciou as atividades em março de 2023 e até o momento está disponível em 42 UBSs, um Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e em mais três Caps que estão em fase de implantação.

A Secretaria de Saúde de Aracaju registrou 2.838 atendimentos realizados, com uma taxa de resolutividade de 92,49%, o que significa que para esse montante não houve a necessidade de encaminhamento para uma consulta presencial. As principais especialidades atendidas são: neurologia, psiquiatria, endocrinologia e metabologia, neurologia pediátrica e nefrologia.

Cleones Hostins informa que este inovador método de teleconsulta gera novos processos de trabalho em órgãos de saúde pública, como a gestão da agenda de consulta pelo município em acordo com o usuário, a elaboração de escalas médicas com capacidade de atendimento para diferentes especialidades, além da instalação de sala própria de teleconsulta na unidade.

Ele observa ainda que, futuramente, a iniciativa poderá ser incrementada com novas tecnologias, que tornarão o serviço ainda mais amplo no acesso a diagnósticos e tratamentos.

Segundo Valda Stange, CEO da TopMed, a tecnologia propicia o aumento da escalabilidade do acesso à saúde, um melhor enfrentamento aos desafios do SUS, agilidade no diagnóstico e início de tratamentos, bem como o aprimoramento de dinâmicas de trabalho na saúde pública.

“A tecnologia não é apenas uma ferramenta, mas uma aliada essencial na construção de um sistema de saúde mais eficiente, acessível e humano. Ao transformar as UBSs em centros de telemedicina, estamos eliminando as barreiras tradicionais que muitas vezes impedem as pessoas de receberem atendimento médico oportuno e de qualidade. Em um futuro próximo, não será mais necessário que os moradores saiam de suas comunidades para buscar assistência médica, pois as UBSs se tornarão um ponto central para consultas remotas, diagnósticos virtuais e acompanhamento à distância”.

Bruna Vasconcelos, integrante da Secretaria de Saúde de Aracaju, em entrevista ao portal do governo do Estado, reforça que o atendimento é sigiloso e a privacidade do paciente garantida. Ela explica que antes de iniciar a teleconsulta, o paciente é recepcionado pela equipe de enfermagem para a realização de uma pré-consulta, na qual são anexados exames que deseja mostrar ao médico.

“Nessa pré-consulta é verificado os sinais vitais do paciente, a exemplo de peso, altura, pulso, respiração, temperatura e pressão. Essas informações são inseridas no prontuário eletrônico, e em seguida o paciente é posicionado em frente ao computador e os equipamentos de câmera e som são ajustados. O paciente escolhe se o técnico de enfermagem pode ou não permanecer na sala durante o tempo de duração da teleconsulta. Ao término desse atendimento, o técnico de enfermagem entrega todos os impressos e faz as orientações que o médico da telemedicina emitiu”.

TopMed:  Com sede em Florianópolis, a TopMed é a maior do setor na região Sul e figura entre os cinco principais players brasileiros do seu mercado. Com o objetivo de melhorar a saúde no país, oferece mais de 20 soluções em saúde digital, todas desenvolvidas com foco na experiência do paciente e em fazer a diferença nas organizações e municípios que as utilizam.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa