Hoje é segunda-feira, 20 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALAbril Marrom: campanha alerta sobre doenças oculares que podem levar à cegueira

Abril Marrom: campanha alerta sobre doenças oculares que podem levar à cegueira

Para alertar a população sobre esse cuidado, o médico Suel Abujamra - ex-presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo - criou a campanha Abril Marrom

Você já parou para observar como está a saúde dos seus olhos? Na correria do dia a dia, muitas vezes, é normal que a saúde ocular seja deixada de lado e, em alguns casos, quando o paciente se dá conta a visão já foi tomada por doenças silenciosas que causam cegueira. Para alertar a população sobre esse cuidado, o médico Suel Abujamra – ex-presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) e da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo – criou a campanha Abril Marrom.

Segundo o CBO, há mais de 1,2 milhão de cegos no Brasil – desses, 26 mil são crianças. A médica Cláudia Nascimento, diretora clínica do Hospital de Olhos de Florianópolis (HOF), diz que aproximadamente 60% dos casos são evitáveis e 20% são recuperáveis. 

A cegueira é uma condição incapacitante que pode ser causada por várias doenças oculares. Algumas das principais doenças que podem levar à perda da visão são a catarata, que é a causa mais comum de cegueira reversível, pois há cirurgia. O glaucoma, que é uma das principais causas da perda irreversível da visão e acontece quando há danos na comunicação entre o nervo óptico e o cérebro, a retinopatia diabética e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI). 

De acordo com a Dra. Claudia, grande parte dessas doenças oculares que causam a cegueira são silenciosas no início. “Por isso, reforçamos tanto os exames de rotina. Quanto antes a doença for detectada, mais chance de cura ou de tratamento, evitando assim a perda total da visão”, explica. 

Além dos exames oftalmológicos regulares, algumas medidas simples podem evitar danos maiores como adotar hábitos de vida saudáveis, o que pode preservar a sua saúde em todos os sentidos. Ter cuidado com os olhos e buscar ajuda médica sempre que houver emergências ou incômodos na visão também é fundamental. 

Há muito o que se avançar, em vários aspectos, um deles é em relação à prevenção. “Precisamos reforçar as campanhas de conscientização, pois é um ponto que envolve informação sobre a cegueira e os caminhos para evitá-la. E além disso, precisamos melhorar a acessibilidade em todos os cantos da cidade e incentivar as oportunidades de inclusão para os deficientes visuais no mercado de trabalho”, finaliza a oftalmologista.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa