Hoje é sábado, 18 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALFloripa Sustentável lança campanha "Esmola Não" e pede: "Dê Oportunidades"

Floripa Sustentável lança campanha “Esmola Não” e pede: “Dê Oportunidades”

Com o apoio dos veículos de comunicação e utilizando mídias urbanas, o Movimento quer mostrar que é possível ajudar pessoas em situação de rua sem dar esmolas

O Movimento Floripa Sustentável (FS), constituído por 44 entidades representativas da comunidade catarinense, vai lançar nesta quarta-feira (10), às 10h30, com uma entrevista coletiva no Hotel Majestic e um panfletaço em sinaleiras do centro da cidade, a campanha “Esmola Não”, que visa “sensibilizar a população para a importância de se oferecer oportunidades para as pessoas em situação de rua (PSR), em vez de dar esmolas, que só incentivam essas pessoas a permanecerem em condições degradantes nas calçadas da cidade”, como explica o coordenador geral do Movimento, o publicitário Roberto Costa. 

A campanha terá o apoio da 30a Promotoria de Justiça da Capital do Ministério Público Estadual de Santa Catarina (MPE/SC), da Prefeitura de Florianópolis e dos veículos de comunicação da Capital, que vão divulgar as peças da campanha – filme para televisão, spots de rádio, anúncios de jornal e conteúdos para sites de notícias e internet – de forma voluntária. 

Após a coletiva, às 11h30, equipes da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura, da Guarda Municipal e do Floripa Sustentável vão fazer um panfletaço em pontos estratégicos do centro da cidade, quando será distribuído um ‘flyer’ com o slogan “Dê Oportunidades / Não dê Esmola”. 

No verso do flyer, há informações de como orientar as pessoas em situação de rua para o acolhimento (onde dormir), alimentação, retorno ao município de origem e o telefone (48) 99182-6870, do Resgate Social. O material mostra ainda que a cidade oferece Educação, Requalificação, Saúde e também ajuda na obtenção de documentação. 

SITUAÇÃO CRÍTICA

Segundo a Prefeitura de Florianópolis, em novembro de 2023 foram registradas 968 PSR na cidade. Há grupos com problemas de saúde mental, outros que são dependentes químicos de drogas ilícitas e lícitas, com o alcoolismo prevalecendo. Há ainda os egressos do sistema prisional e aqueles que sofreram reveses econômicos ou algum trauma, como infidelidade ou perda familiar. Além disso, o órgão público afirma que mesmo tendo mais de 30 programas de acolhimento e a internação involuntária ativa há 30 dias, muitas pessoas não querem sair das ruas.

“Temos consciência das ações que a Prefeitura realiza, mas essa problemática não depende somente do poder público, tem que haver uma conscientização de quem dá esmolas com a melhor das intenções, mas acaba acorrentando essas pessoas em situações desumanas nas ruas da cidade. Foi por isso que criamos esta campanha”, finaliza Roberto Costa.

SERVIÇO

O QUÊ: Lançamento da campanha “Esmola Não”, do Movimento Floripa Sustentável, com o apoio da 30a Promotoria de Justiça da Capital do MPE e da Prefeitura de Florianópolis

ONDE: Auditório do Hotel Majestic (Endereço: Av. Jorn. Rubéns de Arruda Ramos, 2746)

QUANDO: Quarta-feira (10/4/2024), às 10h30

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa