Hoje é sábado, 24 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALAção integrada garante limpeza pública no Carnaval de Floripa

Ação integrada garante limpeza pública no Carnaval de Floripa

Foram geradas 207 toneladas de rejeito, mas 120 toneladas de vidros e metal vão voltar para indústria

Publicidadespot_img

“O Carnaval de Floripa foi sucesso: muita alegria e folia para quem gosta; limpeza e ordem para quem gosta menos ou se preocupa com o impacto sobre a cidade. Estivemos junto com o folião durante as festas públicas e fizemos a cidade amanhecer limpa e cheirosa, como queria o prefeito Topázio Neto”, avalia João da Luz, secretário municipal de Limpeza e Manutenção Urbana (SMLMU) e presidente da Comcap.

Pela primeira vez, aponta ele, Florianópolis recuperou cerca de 120 toneladas de materiais recicláveis durante as festas públicas de Carnaval. Foram 3,2 toneladas na experiência lixo zero durante o Berbigão do Boca, 115 toneladas de vidro nos pontos de entrega voluntária (PEVs) e uma tonelada em latinhas recolhidas pelas cooperativas articuladas pela Arena Brahma.

Com isso, 92 mil latinhas e vidro equivalente a mais de 600 mil garrafinhas long neck voltaram para a indústria, cumprindo o ciclo da logística reversa para produtos no pós-consumo.

“Conseguir recuperar embalagens durante o Carnaval é um grande desafio, mesmo para a capital que mais recicla. Só conseguimos coletar essa quantidade impressionante porque fizemos uma operação integrada com a coleta da Comcap e com os catadores das cooperativas articuladas pela organização da Arena Brahma”, reconhece o secretário do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Fábio Braga.

207 toneladas de lixo nas festas públicas

Até a manhã desta Quarta-feira de Cinzas, 207 toneladas de rejeito foram removidas das festas públicas em toda a cidade e tiveram de ser encaminhadas ao aterro sanitário. São resíduos que o usuário deixou no chão ou misturado nas lixeiras, de forma que não há logística para separar e encaminhar à reciclagem. O montante representou 30% mais do que no último Carnaval, em 2020, quando foram recolhidas 160 toneladas.
“A cidade colaborou e a equipe foi muito guerreira e gentil na limpeza da cidade”, aponta o secretário João da Luz. “Temos muito orgulho da nossa equipe de trabalho”, acrescentou o subsecretário de Limpeza Pública, Alcebíades Vital Pinheiro Filho.

Economia circular

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável integrou o serviço de coleta de resíduos às ações de limpeza pública no Centro e bairros. “Esse carnaval foi a prova que Florianópolis tem muito potencial e muito incentivo de todos os lados para continuar sendo referência em reciclagem”, afirma a gerente da Coleta Seletiva da Superintendência de Gestão de Resíduos, Tamara Gaia.

No Brasil, destaca ela, a reciclagem de latinhas de alumínio chega a 98%. É um material tão valorizado que a coleta pública nem precisa se preocupar: desaparece das ruas. Em Florianópolis, o mesmo desempenho está sendo buscado para o vidro. A capital já é referência nacional por oferecer 145 pontos de entrega voluntária e, com o incentivo da indústria de vidros, vai receber 100 novos contentores este ano e 200 nos anos seguintes.

BLOCO DA LIMPEZA

Número de profissionais mobilizados
Até 200 pessoas por noite no Centro, entre garis de limpeza e de coleta
207 auxiliares operacionais nas regionais
Equipes de manutenção de vias e espaços públicos na operação pré-Carnaval

RESÍDUOS COLETADOS
2023 – 207 toneladas de resíduos das festas públicas (rejeito que vai para aterro sanitário)
2020 – 160 toneladas

EXPERIÊNCIA CARNAVAL LIXO ZERO
3,2 toneladas de recicláveis separadas no Berbigão do Boca e doadas para Associação Amigos da Natureza

115 toneladas de vidro coletadas nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs)

988 quilos de latinhas, média de 247 quilos por dia, de modo que 92 mil latinhas serão destinadas corretamente.

ESTRUTURA DA SMLMU

CENTRO
Instalação e manutenção de 250 contentores (latões)
Varrição e coleta de resíduos
Lavação e higienização das ruas
Limpeza concluída sempre antes das 6h
Limpeza da arquibancada e pista da Passarela Nego Quirido

LESTE

82 trabalhadores
32 contentores distribuídos nos blocos
Recolhimento de resíduos e lavação das ruas

SUL

38 trabalhadores
20 contentores distribuídos nos blocos
3 caixas estacionárias
Recolhimento de resíduos

NORTE

87 trabalhadores
25 contentores distribuídos nos blocos
2 caminhões de coleta especiais para os eventos.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa