Hoje é terça-feira, 23 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioDESTAQUEAs artes visuais terão um roteiro recheado durante a 10ª Maratona Cultural...

As artes visuais terão um roteiro recheado durante a 10ª Maratona Cultural de Florianópolis

Com três exposições exclusivas, com curadoria própria, e mais de 20 espaços e 100 artistas, as ações de artes visuais se espalham pela cidade. Mostras de audiovisuais, roteiros e visitas guiadas também integram a programação

Desde que a 10ª edição da Maratona Cultural de Florianópolis foi confirmada, em outubro do ano passado, o público já pode perceber a importância das artes visuais para o maior evento multicultural de Santa Catarina. Uma das maiores artistas plásticas da história catarinense, Eli Heil (1929-2017) está presente em toda a identidade visual do evento, com as representações de algumas das suas milhares de obras. Para fazer jus a este legado, a programação contará com inúmeras opções no campo das artes visuais que podem ser visitadas gratuitamente entre os dias 22 e 24 de março. 

Como o público pôde ter um gostinho do trabalho extremamente inovador e criativo da homenageada Eli Heil, as portas do seu “Museu O Mundo Ovo de Eli Heil”, localizado na Rodovia SC-401, nº 7.079, em Santo Antônio de Lisboa, estarão abertas para receber três grupos guiados. Junto com Guia Manezinho, Rodrigo Stüpp e o filho da artista, José Pedro Heil, o público poderá conhecer um pouco mais do trabalho desta grande artista. As visitas sairão do espaço “Maratona Visual”, no Largo da Alfândega, no sábado (23), às 13h, 14h30 e 16h. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes de cada saída e os grupos são limitados a 15 pessoas por vez.

No mesmo espaço “Maratona Visual”, no Largo da Alfândega, a Maratona Cultural de Florianópolis abre a exposição permanente “Exercícios para a noite e para o dia”, com trabalhos de Gabriel Bicho, Gabriela Buffon, Gugie Cavalcante, Jan M.O. e Maurício Muniz. Na Galeria Pedro Paulo Vecchietti, a mostra inédita e que abre para visitação é a “Quando o corpo finalmente encontra lugar”, com obras de Alexandre Freire, Caio Villa de Lima, Camila Martins, Elizabeth Ramos, Lucas Elias e Mauricio Igor.

Já o Museu Victor Meirelles recebe a exposição “No princípio toda casa é estrangeira” com obras de de Amanda Melo da Mota, Bruna Granucci, Claudia Lira, Coletivo Se Essa Rua Fosse Minha, Dariane Martiól, Fabiola Scaranto, Juliana Hoffmann, Nita Monteiro e Yone Araujo. As três exposições possuem o mesmo eixo conceitual, com títulos inspirados nos poemas de Ana Martins Marques (1977, MG),  englobando a ideia de transformação – do tempo, das intimidades, das subjetividades, das questões coletivas, sociais e de resistência. A curadoria destas exposições é de Fran Favero e Francine Goudel.

No Centro de Florianópolis, mostras na Memorial Meyer Filho, Museu de Florianópolis, Museu Histórico de Santa Catarina, Galeria de Arte do Mercado Público, Vão Central do Mercado Público, Espaço Cultural BRDE, Fundação Cultural Badesc, Museu da Escola Catarinense, Helena Fretta Galeria de Arte e Espaço Cultural Amigos do Parque da Luz recebem o público para visitação. Outros bairros  da Ilha também estão no roteiro com atividades na “Sambaqui Galeria de Arte”, na Trindade; Museu do Lixo e Galeria Jandira Lorenz, no CEART/UDESC, no Itacorubi; Centro Cultural Veras, no Córrego Grande; e no Centro Cultural Bento Silvério, na Lagoa da Conceição. 

No continente, o roteiro inclui o Instituto Collaço Paulo, em Coqueiros; e a Fundação Hassis, em Itaguaçu. Na programação parceira, mais exposições no Casa Odara – Quilombo Urbano Cultural, Desvio Bar, Galeria Lama e Ponto.Bar e Piadina, todas no centro de Florianópolis. 

Artes para todos os sentidos

Assim como diz o slogan desta 10ª edição da Maratona Cultural de Florianópolis, a arte está posta para despertar os mais diferentes sentidos e, por que não, ser vivida no dia a dia? Por isso, o evento fará a inauguração, no sábado (23), às 19h, de mais um presente para a cidade: a pintura da Escadaria da Ubro, na Rua Pedro Soares, 15, no Centro. O trabalho feito pela artista Tuane Ferreira será mais uma homenagem da Maratona Cultural à Eli Heil. Logo ao lado, no domingo (24), às 10h, o artista plástico Bruno Barbi fará uma intervenção artística na Escadaria do Rosário, com o tema “Bruno Barbi eterniza JB na Escadaria”. 

No audiovisual, o CIC – Centro Integrado de Cultura recebe uma vasta opção de atividades com a Mostra de Clipes Catarinenses, com curadoria de Marcelo Mancha; a Mostra FAM;  Cineclube da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis; Mostra MIS/FCC e Mostra de Cinema Negro, no sábado (23); e ainda a Mostra Tombô e Mostra FICASC, no domingo (24). 

Atividades guiadas

Sucesso nas outras edições da Maratona Cultural, as visitas guiadas ganharam mais espaço na programação. Na sexta-feira (23), às 22h30, o Guia Manezinho estreia o roteiro “Uma noite no Museu Florianópolis: histórias e lendas da Ilha”. Já no sábado (23), às 22h, é a vez do roteiro “Uma noite na casa da Memória” e os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início de cada atividade. Para fechar a agenda com o Guia Manezinho nesta Maratona Cultural de Florianópolis, no domingo (24), às 15h30, é a vez do “Tour Literário”, com foco na história da Ilha contada por diversos livros e autores.

A jornalista Simone Bobsin recebe o público para o roteiro cultural “Arte+Arquitetura”, com saída da Praça Pio XII, na Rua Felipe Schmidt, 450, também no sábado (23), às 10h. No mesmo dia, às 9h, uma caminhada cultural pelas ruas do Monte Serrat, “Caminho da Negritude”, será conduzida pelo guia Rafael Freitas.  No Arquivo Histórico do Município de Florianópolis, o professor Oswaldo Cabral conduzirá para uma visita guiada, na sexta-feira (22), às 14h. Já no sábado (23), às 14h, Ana Paula Weschenfelder e Maria Helena Rosa Barbosa levarão o público para a visita ao museu “Do cheio e do Vazio: MASC, uma história em Construção”, no MASC/CIC. 

Para mais informações e programação completa visite o site oficial: www.maratonacultural.com ou o instagram @maratonacultural2024.

A Maratona Cultural de Florianópolis é uma realização do Instituto Maratona Cultural. Apoio: Baía Sul, CDL, Corporate Park, Armazém Rita Maria; Apoio Cultural: Ibagy, Passeio Primavera, Floripa Airport, Habitasul. Patrocínio: Engie, Softplan, Jeep DVA, Lei Municipal de Incentivo à Cultura, Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Prefeitura Municipal de Florianópolis. Incentivo: Bistek, Cassol, Kairós e Claro, por meio do Programa de Incentivo à Cultura, Fundação Catarinense de Cultura e Governo do Estado de Santa Catarina.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa