Hoje é sábado, 24 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioSEGURANÇABalanço 2023: SC teve queda de mortes violentas e prisão de seis...

Balanço 2023: SC teve queda de mortes violentas e prisão de seis mil pessoas

Importante destacar que entre os seis mil presos, houve 268 prisões efetuadas fora de Santa Catarina, sendo que 109 no Paraná; 67 em São Paulo; 38 no RS e 13 em Minas Gerais, para citar alguns estados

Publicidadespot_img

Em 2023, o número de mortes violentas caiu em Santa Catarina. De acordo com os dados divulgados pela Polícia Civil de Santa Catarina, os homicídios registraram queda de 4,36%; os feminicídios menos 3,51% e os latrocínios caíram em 52%. Os dados se referem ao período de 01/01/2023 a 31/12/2023.

Outra informação que se destacou na análise dos indicadores foi o cumprimento de mandado de busca e apreensão. Em 2023 foram cumpridos 8.074 mandados de busca e apreensão, representando um aumento de 59,34%, em relação ao ano anterior. A estatística revelou ainda que foram cumpridos 6 mil mandados de prisão, representando um aumento de 65% em relação a igual período do ano anterior (2022), quando ocorreram 3.624 prisões.

Importante destacar que entre os seis mil presos, houve 268 prisões efetuadas fora de Santa Catarina, sendo que 109 no Paraná; 67 em São Paulo; 38 no RS e 13 em Minas Gerais, para citar alguns estados. Os mandados de prisão foram efetivados em 20 estados da Federação em 370 municípios.

De acordo com o delegado-geral da PCSC, Ulisses Gabriel, o aumento da produtividade da Polícia Civil é reflexo dos investimentos feitos pelo governador Jorginho Mello. Ao longo de 2023, a PCSC recebeu mais de R$ 32 milhões investidos na modernização da frota, na atualização do parque tecnológico e na aquisição de softwares para os laboratórios de tecnologia que apoiam as investigações.

Ranking mandados de prisão cumpridos 

A análise de produtividade envolvendo mandados de prisão indicou que a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Joinville aumentou o número de cumprimento de mandados de prisão com 326 presos, seguida pela DIC de Lages (278 presos); Blumenau (137 presos);  DIC de Chapecó (124 presos); Tubarão (119 presos), DIC Fron/Xanxerê (115 presos); DIC de Itajaí (113 presos); DIC de Jaraguá do Sul (101 presos), 2ª DPCo Fron/Chapecó  (87); DIC de Palhoça (87 presos); DECAP/DEIC (77 presos); DIC de Laguna (74 presos) DIC de São José (73).

Perfil dos presos

No estudo do perfil das pessoas presas 90,02% são homens e 9,98% mulheres. A maioria, cerca de 35% tem idades que variam entre 25 e 34 anos.

Ranking mandados de busca e apreensão

Com relação a mandados de busca e apreensão cumpridos ao longo de 2023, a DIC de Joinville ocupa a primeira posição com 314 mandados, seguida pela Delegacia de Repressão ao Crime organizado (DRACO/DEIC) com 231 mandados; DIC Blumenau (164 mandados); Delegacia de Defraudações (DD/DEIC) com 159 mandados; DIC DE SÃO José (151 mandados);  Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE/DEIC) com 144 mandados; DIC de Lages com 140 mandados; Delegacia de Combate às Drogas (DECOD/Capital)  133 mandados; Delegacia de Combate à Estelionatos (DCE/Capital) com 124 mandados;DIC Fron/Chapecó com 111 mandados;  DIC de Itajaí com 97 mandados; DIC de Canoinhas (96 mandados e DIC de Tubarão (94 mandados). Do total de 8.074 mandados de busca e apreensão cumpridos, 645 ocorreram em 21 estados da federação  e em 429 municípios.

As informações foram analisadas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil, a partir de informações auditadas e fornecidas pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Segurança Pública.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa