Hoje é quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALCelesc começa a instalar medidores inteligentes em Florianópolis

Celesc começa a instalar medidores inteligentes em Florianópolis

A operação terá início no bairro Coqueiros, com base em questões logísticas, e ao longo de 36 meses será expandida para todas as demais regiões da Capital

Publicidadespot_img

A Celesc se prepara para iniciar, no dia 2 de janeiro de 2024, o processo de instalação de medidores inteligentes para clientes de Florianópolis.  A operação terá início no bairro Coqueiros, com base em questões logísticas, e ao longo de 36 meses será expandida para todas as demais regiões da Capital. Ao todo, o investimento será de R$ 116 milhões.

Os medidores antigos serão trocados por equipamentos modernos, que fornecerão informação em tempo real do fornecimento de energia e maior agilidade no religamento da luz.

“Isto possibilita maior agilidade no atendimento de ocorrências e melhor dimensionamento do sistema de distribuição. Além disso, futuramente a Celesc disponibilizará o acesso aos dados de consumo no aplicativo, para que o consumidor possa analisar seu perfil de consumo e tomar ações para reduzi-lo ou até mesmo aderir a alguma modalidade de faturamento mais vantajosa financeiramente, a exemplo da tarifa branca”, afirma o presidente da Celesc, Tarcísio Estefano Rosa.

Com a instalação dos medidores inteligentes, leituras, faturamentos, desligamentos, religações e indicação de falta de energia serão feitos de forma remota. O sistema também permite que, por meio de alarmes dos medidores e das medições de balanço instaladas nos transformadores de distribuição, sejam gerados indícios de irregularidades nas medições, direcionando fiscalizações em campo.

Para o diretor Comercial da Celesc, Vitor Lopes Guimarães, a implementação de medidores inteligentes representa um salto importante na gestão eficiente dos recursos e na modernização do setor elétrico.

“A capacidade de monitoramento em tempo real oferece uma visão abrangente do uso de energia, permitindo uma resposta ágil a picos de demanda e, assim, otimizando a eficiência energética. Os medidores inteligentes não apenas modernizam a infraestrutura elétrica, mas também impulsionam uma abordagem mais inteligente e sustentável para o uso de energia”, ressaltou o diretor.

Mesmo com a nova tecnologia, as contas em papel seguem sendo entregues.

A Celesc tem incentivado o cadastro de fatura por e-mail para o consumidor deixar de receber a conta em papel com o objetivo de oferecer mais rapidez,  otimizar a entrega e contribuir com o meio ambiente.  

Principais vantagens do sistema:

• Consumidor poderá fazer a gestão do seu consumo em tempo real

•  Combate a irregularidades e ligações clandestinas

•  Redução da inadimplência

•  Redução de custos operacionais

•  Otimização da identificação e atendimento de ocorrências, agilizando a operação das equipes e reduzindo deslocamentos desnecessários

• Religamento automático de energia em caso de corte 

Projeto-piloto em Araranguá 

As instalações em Florianópolis sucedem à execução de um projeto-piloto em Araranguá, no Sul do Estado, com início em julho de 2021. A abrangência naquela cidade foi de 33 mil unidades consumidores (entre residências, comércios e pequenas industrias) e de 1,3 mil Transformadores de Distribuição. O trabalho foi finalizado em maio deste ano, ao custo de R$ 23 milhões, e atualmente o projeto encontra-se em fase de ajustes finais da rede de comunicação para entrega.

Segundo o gerente do Departamento de Gestão Técnica Comercial da Celesc, Guilherme Saidler, Araranguá foi escolhida para estar no projeto por uma série de motivos: “Lá nós temos a disponibilidade de infraestrutura de telecomunicações própria, um alto índice de inadimplência e a dimensão da cidade permitia que ela fosse abrangida como um todo, considerando o orçamento disponível. Além disso, o município é relativamente plano, o que possibilita maior cobertura do sistema de rádio e sem áreas de risco, facilitando o processo de troca dos medidores”, comenta.

O projeto-piloto é considerado um sucesso, levando-se em conta que a efetividade do sistema é de 98%. “Os dados de medição de energia são armazenados nos sistemas da Celesc na frequência de 5 minutos, ao invés de apenas termos uma leitura mensal, possibilitando melhor avaliação do perfil dos consumidores e, futuramente, disponibilizar estes dados no aplicativo da Celesc”, pontua Guilherme.

ARTIGOS RELACIONADOS

10 COMENTÁRIOS

  1. Este foi o meu TCC em Sistemas de Informação em 2008.
    Com um chip SIM, mensagens SMS codificadas e servidor dedicado, seria possível ter comunicação em tempo real com qualquer padrão de energia elétrica. Na época o custo já era pequeno, cerca de 10% a mais do que os modelos analógicos. Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, Internet via cabo de energia, o sistema pode até ser mais barato do que o analógico.

  2. На финансовом рынке появилась услуга [url=https://xn—–7kcgpnpy3bral5h.xn--p1ai/]займы на карту без отказа мгновенно[/url], которая становится все более популярной. Это связано с тем, что такие займы предлагают быстрое решение финансовых проблем без долгого ожидания и с минимальными требованиями к заемщикам. Основное преимущество – это возможность получения денег мгновенно после одобрения заявки, что особенно важно в срочных ситуациях. Многие МФО предлагают простые и понятные условия для получения таких займов.

  3. Parabéns a celesc.porem atrasada nesta tecnologia 25 anos.
    Em alguma região do mundo(sem propagandas.kk) já se usa até pre pagos ou seja paga se um tanto de kwts e se usa e assim por diante.no caso do medidor usando internet para fornecer leituras diversas já se usa em alguns países a mais de 8 anos

  4. Моя семья внезапно решила приехать в гости, а дома не хватало места. Я быстро решил эту проблему, взяв [url=https://мир-займов.рф/]займы онлайн на карту без отказа[/url] для покупки новой мебели. Все было оформлено за несколько минут!

Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa