Hoje é sexta-feira, 14 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioECONOMIACelesc emite comunicado para se explicar sobre novo sistema comercial

Celesc emite comunicado para se explicar sobre novo sistema comercial

"Durante este processo estamos enfrentando períodos de instabilidade e nossas equipes estão de prontidão, dedicadas em sua solução", diz parte do comunicado da estatal. Veja as o comunicado completo

A Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. (Celesc) vem a público através de um Comunicado Oficial de explicar em função dos inúmeros problemas identificados por seus clientes no uso do sistema comercial que foi atualizado recentemente. Veja o comunicado abaixo:

COMUNICADO DA CELESC

A Celesc está atualizando seu sistema comercial para proporcionar uma melhor experiência aos seus clientes. Durante este processo estamos enfrentando períodos de instabilidade e nossas equipes estão de prontidão, dedicadas em sua solução.

Estamos cientes de que faturas emitidas entre os dias 7 e 15 de maio foram geradas com problemas no código de barras. Para esses casos serão emitidas e entregues novas faturas com nova data de vencimento e não serão cobrados juros/multas.

Informamos que as lojas de atendimento estão recebendo grande volume de pessoas. Por isso recomendamos aos clientes enquadrados nestas situações que evitem o atendimento presencial.

Esclarecemos, ainda, que neste mês de maio a Celesc não fará a suspensão do fornecimento de energia por falta de pagamento das unidades consumidoras.

A Celesc sugere que os consumidores emitam a segunda via por WhatsApp (48) 99860-0067 e pelo Call Center – 0800 048 0120, que funciona 24h por dia, durante todos os dias da semana.

Reforçamos que o atendimento presencial deve ser procurado apenas em situações muito necessárias.

A Celesc continua trabalhando dia e noite para resolver todos os casos e oferecer o melhor serviço possível à sociedade.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa