Hoje é quinta-feira, 30 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALCentro de Informação e Assistência Toxicológica de SC completa 40 anos

Centro de Informação e Assistência Toxicológica de SC completa 40 anos

CIATox/SC funciona no Hospital Universitário da UFSC e atende em regime de plantão 24 horas

O Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC) completa, no próximo dia 14 de maio, 40 anos de serviço prestado. O CIATox/SC é referência em Toxicologia Clínica no estado de Santa Catarina e tem como objetivo auxiliar em casos de intoxicação e envenenamento. O serviço fornece informações em regime de plantão 24 horas, todos os dias da semana, atendendo profissionais da saúde e a população em geral.

Os esforços para implementação do CIATox/SC começaram em 1981, com uma parceria entre a Secretaria do Estado da Saúde (SES), Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago, da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC), e Ministério da Saúde/FIOCRUZ. Após as discussões, o Termo de convênio entre a FIOCRUZ/MS e a SES/SC, com a participação da UFSC, foi oficialmente firmado em 10 de outubro de 1983. No entanto, apenas no dia 10 de maio de 1984 o CIT/SC seria oficialmente instalado nas dependências do HU-UFSC. No dia 14 de maio de 1984 o CIT/SC registrou os três primeiros casos de intoxicação, sendo esta a data oficial de aniversário do serviço. Ainda, 20 anos depois de sua fundação, esta data também foi estabelecida como o Dia Estadual de Prevenção de acidentes tóxicos no estado de Santa Catarina (Lei nº13.175/2004).

Em razão da Portaria nº 1678/MS/2015, que Institui os Centros de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox) como estabelecimentos de saúde integrantes da Linha de Cuidado ao Trauma, da Rede de Atenção as Urgências e Emergências no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS, o nome do serviço foi oficialmente alterado. Assim, desde 2017, o nome oficial do serviço é Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC).

Hoje o CIATox/SC está inserido no organograma da SES/SC e mantém um acordo de cooperação técnica com a UFSC. O centro está subordinado a Superintendência de Atenção à Saúde (SAS) da SES/SC, e fica localizado nas dependências do HU-UFSC, que é vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

Ao longo destes anos, do dia 14 de Maio de 1984 até 31 de dezembro de 2023, foram realizados 347.686 atendimentos. O CIATox/SC registrou contato de todos os 295 municípios de Santa Catarina. Nesse período já passaram pelo centro mais de 940 estagiários de graduação e pós-graduação, mais 90 funcionários, e foram desenvolvidos mais de 30 projetos de pesquisa e extensão, mais de 500 produções científicas, além de inúmeras palestras, visitas guiadas e participações em feiras e exposições. 

Para comemorar essa data importante, será realizada uma Jornada Acadêmica de Toxicologia Clínica, que reunirá diversos profissionais do CIATox/SC para debater temas importantes da área. A Jornada está sendo organizada pela Liga Acadêmica de Toxicologia Clínica da UFSC e será realizado no dia 13 de maio, das 8h às 17h, no Auditório do bloco didático da Medicina, no HU-UFSC. Mais informações podem ser obtidas em: https://inscricoes.ufsc.br/activities/9860.

Além disso, no dia 14 de maio, no auditório do HU, às 9h ocorrerá uma solenidade de comemoração e, no mesmo dia, pela manhã, haverá a exposição “Animais peçonhentos e 40 anos de história do CIATox/SC”, no hall da frente do CIATox/SC, no primeiro andar (térreo) do HU-UFSC.

Rede Ebserh

O HU-UFSC faz parte da Rede Ebserh desde março de 2016. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo em que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação. 

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa