Hoje é sexta-feira, 12 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALCitesj completa um ano de impacto na inclusão digital de alunos em...

Citesj completa um ano de impacto na inclusão digital de alunos em São José

Celebração faz parte do calendário de aniversário de 274 anos de São José

Uma cerimônia com professores, estudantes e autoridades marcou um ano de atividades do Centro de Inovação e Tecnologia Educacional de São José (Citesj) nesta sexta-feira (15). O espaço é referência em inclusão tecnológica e atendeu, no período, cerca de 3,7 mil estudantes e servidores da Secretaria de Educação.

O prefeito Orvino Coelho de Ávila prestigiou o evento e falou sobre a iniciativa. “Parece que foi ontem que inauguramos esse espaço. Nossa aposta foi no futuro desses pequenos. Temos aqui ferramentas de ponta para desenvolver a aptidão deles para a tecnologia e revolucionar a Educação de São José.”

O espaço, comentou a secretária de Educação, Rose Bartucheski, compõe uma diretriz de modernização da toda a rede municipal de ensino. “Os jovens precisam estar preparados para o futuro, para conquistar um bom lugar no mercado de trabalho. Oferecer um espaço de aprendizado como esse é motivo de muito orgulho.

Todo o trabalho da Prefeitura de São José é orientado para que a cidade seja uma referência no aprendizado em tecnologia.”A programação contou apresentações dos resultados das ações e projetos realizados em 2023 e demonstração das tecnologias disponíveis, como óculos de realidade virtual, impressora 3D, itens de robótica, projetor interativo e cortadora a laser.

Luciana Schmitz, professora e diretora administrativa do Citesj, compartilhou um pouco da experiência. “Os alunos passam por uma maratona tecnológica com finalidade pedagógica. Sempre tentamos associar uma tecnologia com o conteúdo em sala de aula”, contou. Relatou, ainda, um projeto de alunos do CM Maria Luiza de Melo (Melão) com animação em stop motion para aula de artes.

O diretor do Citesj, Luiz Cesar, explicou que o objetivo do centro é prestar apoio técnico e mentoria para inclusão tecnológica da rede municipal. O Citesj também busca inovação contínua das ferramentas pedagógicas. As escolas podem levar turmas para conhecer o local sob agendamento.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa