Hoje é quarta-feira, 29 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALCOEB 2024 reúne profissionais de Educação da rede municipal de Florianópolis

COEB 2024 reúne profissionais de Educação da rede municipal de Florianópolis

Evento proporciona espaço de interação e integração entre educadores

O Congresso de Educação Básica 2024 (COEB), promovido pela Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, foi realizado nesta quinta e sexta-feira, no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A décima terceira edição do congresso, trouxe o tema “Educação, sujeitos e identidades: linguagens e multiplicidades”.

Um dos maiores congressos de redes municipais de educação de Santa Catarina reuniu mais de 1.100 profissionais da rede e acadêmicos. Nestes dois dias, o COEB gerou um espaço de interação e integração entre educadores, e a troca de experiências a partir dos projetos trabalhados dentro das salas de aula engrandeceu o conhecimento daqueles que estão dia a dia nas escolas e nos núcleos de ensino infantil.

1º DIA

O primeiro dia do congresso foi aberto com a formação da mesa diretora para a solenidade de abertura, que contou com a presença, dentre outras autoridades, da secretária de Educação de Florianópolis, professora Fabricia Luiz Souza, o prefeito da Capital, Topázio Neto, e a vice-reitora da UFSC, Joana Célia dos Passos. A conferência inaugural do evento foi realizada pelo professor doutor Juares da Silva Thiesen, também da Universidade Federal de Santa Catarina, que trouxe para discussão o tema “Currículo e formação de sujeitos para um mundo pluricultural”.

Os “Relatos de Experiências” vieram à tarde, dispondo de nove apresentações de professores da rede municipal de educação, que compartilharam suas vivências e práticas pedagógicas no auditório Garapuvu e nas salas Goiabeira e Pitangueira. Entre os temas, estavam “Mídias e tecnologias na Educação Infantil”, “Relatos de Vivências do projeto de Libras”, “Ancestralidade e representatividade: caminho pela literatura”, entre outros.

A conferência de encerramento do primeiro dia de COEB ficou por conta da professora doutora Maria Hermínia Lage Fernandes Laffin, da UFSC, que abordou o tema “Crianças, jovens e adultos na Educação Básica: indicativos para as práticas e políticas públicas”.

2º DIA

No segundo dia do COEB 2024, a professora doutora Maria Aparecida Lapa de Aguiar, da UFSC, abriu os trabalhos pela manhã com a conferência “Alfabetização: questões históricas e apontamentos contemporâneos em perspectiva discursiva”.

Ainda pela manhã, foram retomados os “Relatos de Experiência” com seis apresentações, que aconteceram entre o auditório e a sala Pitangueira. Alguns dos temas presentes foram “Poética pedagógica na docência compartilhada e na produção de relatórios de vivências”, “Direito a ter direitos: acesso aos documentos pessoais e a garantia de acesso à cidadania”, Ateliê de Ideias: a constituição do espaço coletivo como reflexo da formação continuada”, entre outros.

A conferência de encerramento do evento foi realizada pela professora doutora Sílvia Ester Orrú, da Universidade de Brasília (UnB), que trouxe o tema “A diferença como valor humano na sociedade: processos dialógicos, inovadores e inclusivos para uma educação democrática na escola e uma sociedade justa e transformadora”.

Ao longo dos dois dias do congresso, ocorreram várias atrações culturais, com a banda Esconderijo Byber e as participantes do Festival Escolar da Canção 2023, Danielly Dos Santos Aimi (EBM Virgílio dos Reis Várzea), Carolina da Conceição (Neim Morro do Horácio), Alana Daniela Martins Gomes (EBM Donícia Maria da Costa), Júlia Jorge de Souza (Escola do Futuro Tapera) e Maria Alice Vianna Pfarrius (EBM Intendente Aricomedes da Silva).

Conforme a secretária de Educação de Florianópolis, professora Fabricia Luiz Souza, o COEB deste ano trouxe em seu tema todo o objetivo educacional que deve ser efetivado na Educação da Capital. “A percepção de cada pessoa como sujeito de direitos, portanto com direito essencial à aprendizagem; identidades, linguagens e multiplicidades, chama atenção ao respeito à diversidade e a identidade de cada uma de nossas crianças e estudantes da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis (RMEF). Foi o momento de reflexão sobre as práticas e sobre a importância das ações que ensejam o protagonismo das crianças e estudantes”.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa