Hoje é quinta-feira, 13 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioNOTÍCIACriado Programa Permanente de Enfrentamento ao Racismo nas Escolas Públicas de São...

Criado Programa Permanente de Enfrentamento ao Racismo nas Escolas Públicas de São José

Escolas deverão realizar anualmente uma Conferência Municipal organizada pelos Núcleos de Estudos Brasileiros

A Câmara Municipal de São José aprovou na Sessão Ordinária desta segunda-feira, 10, o projeto de lei nº 170/2023 que cria o Programa Municipal Permanente de Enfrentamento ao Racismo nas Escolas Públicas da cidade.

Ele será chamado de “Por uma educação antirracista” e está dividido em sete eixos:

I – Ciclos de debates públicos e projetos pedagógicos semestrais envolvendo toda a comunidade escolar;
II – Consulta semestral ao corpo docente e discente sobre o Programa Permanente de Enfrentamento ao Racismo;
III – Campanha permanente de sensibilização sobre o racismo, seus impactos nas vítimas e responsabilizações cíveis e criminais previstas na legislação brasileira, por meio da fixação de cartazes que contenham dados estatísticos atualizados sobre as evidências do racismo estrutural no Brasil;
IV – Seminários para o ensino dos principais dispositivos legais das leis antidiscriminatórias no Brasil;
V – Divulgação de materiais didáticos e paradidáticos e pedagógicos;
VI – Formação docente continuada, de caráter teórico-prático, aos professores e equipe técnico-pedagógica sobre a História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena;
VII – Formação de Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros nas unidades escolares, no qual estudantes, professores e demais membros da comunidade escolar reunir-se-ão frequentemente para estudarem e desenvolverem políticas pedagógicas de combate ao enfrentamento ao racismo.

Ainda de acordo com a matéria, o Poder Executivo Municipal poderá alocar recursos orçamentários específicos para a implementação desta lei, incluindo:

I – Capacitação de professores;
II – Elaboração e aquisição de materiais didáticos específicos;
III – Desenvolvimento de programas culturais e educacionais voltados à temática;
IV – Aquisição de materiais paradidáticos que auxiliem no processo de ensino aprendizagem.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa