Hoje é sexta-feira, 24 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALCrianças precisam atravessar rio sobre pedras para chegar à escola na Grande...

Crianças precisam atravessar rio sobre pedras para chegar à escola na Grande Florianópolis

O caso foi levado à tribuna pelo deputado Repórter Sérgio Guimarães na semana passada.

Ao acordar pela manhã, as crianças dos bairros Guarda do Cubatão, em Palhoça, e de Braço São João, em Santo Amaro da Imperatriz, precisam enfrentar um verdadeiro risco para chegar até a escola. Há um ano e quatro meses, os moradores destas comunidades sofrem com a falta da ponte que faz a ligação entre os dois municípios.

O deputado estadual Repórter Sérgio Guimarães levou o caso à tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira (14), depois de ter recebido um vídeo feito por moradores. Nas imagens é possível ver as crianças subindo em pedras para conseguir atravessar o rio.

“São imagens chocantes, nem parece terem sido feitas em Santa Catarina. Uma verdadeira situação de abandono dessas comunidades, além de um grande risco para essas crianças”, afirma o deputado Sérgio Guimarães.

Segundo informações disponíveis no site da Prefeitura de Santo Amaro da Imperatriz, em 19 de março de 2021, já havia tratativas entre os dois municípios para resolver o problema da ponte que, naquela época, ainda existia, embora em situação precária. No texto, informa-se que cada município construiria sua cabeceira e a Defesa Civil Estadual
faria o vão central.

“As cabeceiras já estão prontas. Agora vamos enviar um requerimento para a Defesa Civil Estadual solicitando informações sobre um plano de ação e o prazo para a conclusão da obra”, destaca o parlamentar.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa