Hoje é terça-feira, 25 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALDia de Combate ao Glaucoma alerta sobre a principal causa de cegueira...

Dia de Combate ao Glaucoma alerta sobre a principal causa de cegueira irreversível

Para conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, no dia 26 de maio foi celebrado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

Doença ocular silenciosa e perigosa que pode levar à cegueira irreversível, o glaucoma atinge cerca de 65 milhões de pessoas no mundo e causa a perda da visão em 4,5 milhões. Para conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, no dia 26 de maio foi celebrado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. 

Tendo como principal fator de risco a pressão intraocular, que provoca lesão no nervo óptico, o glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível no mundo. Embora não tenha cura, a doença tem tratamento e pode ser controlada com os cuidados adequados, como a utilização de colírios que reduzem a pressão ocular, laser ou cirurgia.

A doença pode acometer crianças, adultos e idosos, sendo que a incidência aumenta conforme a idade. “O problema é mais comum entre pessoas com mais de 40 anos, razão pela qual é nessa faixa etária que se recomenda a realização de exames oftalmológicos periódicos”, diz o médico Lineu Oto Shiroma, coordenador do setor de Glaucoma do Hospital de Olhos de Florianópolis (HOF).

O oftalmologista também alerta para outros fatores de risco que favorecem o desenvolvimento da doença, como idade avançada, miopia elevada, raça negra  e histórico familiar de glaucoma . “As pessoas que se encontram nestes grupos de risco devem procurar mais cedo um oftalmologista e realizar regularmente uma consulta de rotina, com a medida da pressão intraocular e o exame do fundo de olho. Quanto mais cedo a doença for diagnosticada, maior a chance de frear o efeito devastador que ela causa.”

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa