Hoje é sábado, 13 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALHU-UFSC realiza procedimento inédito envolvendo diversas equipes assistenciais

HU-UFSC realiza procedimento inédito envolvendo diversas equipes assistenciais

Procedimento ajudou a restabelecer comunicação biliar em paciente transplantado sem necessidade de outra cirurgia

Um procedimento inédito foi realizado no último dia 9, no Serviço de Hemodinâmica do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago, da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC), beneficiando um paciente de 56 anos, transplantado hepático há dez meses, que apresentava alterações laboratoriais devido a um estreitamento no canal biliar.
O procedimento durou cerca de duas horas e o paciente recebeu alta com melhora do quadro após três dias. Caso não houvesse a possibilidade de adotar o procedimento, nesse caso, a alternativa seria realizar uma cirurgia para desobstruir o canal biliar.
”Trata-se de um procedimento combinado, no qual é realizada uma punção da via biliar através do fígado pela equipe de Radiologia Intervencionista, com passagem de um fio através do local de obstrução. Esse fio é capturado pela equipe de Endoscopia Intervencionista, com um endoscópico dentro do intestino, e permite a passagem de uma prótese biliar, desfazendo o estreitamento e melhorando o fluxo da bile. Sua principal indicação é na falha de tratamento endoscópico prévio”, explica o Radiologista Intervencionista Lucas Pazinato, médico que participou do procedimento, denominado Rendez-Vous.
”O termo rendez-vous, em francês, significa encontro, e é justamente isso que ocorre neste procedimento: um encontro entre duas especialidades que, juntas, promovem um tratamento minimamente invasivo para situações complexas como a desse caso”, esclarece o médico.
O procedimento foi realizado com apoio da Unidade de Diagnóstico por Imagem (UDIDE/HU-UFSC) e um grupo multiprofissional, composto por profissionais da Enfermagem, residentes (Jurandir Silva e Victor Barcelos) e médicos das especialidades de Radiologia Intervencionista (Lucas Vatanabe Pazinato), Endoscopia (Horácio Joaquín Perez e Carla Zanelatto Neves), Anestesiologia (Francisco Mettrau), além de toda a equipe do Serviço de Transplante Hepático do HU-UFSC, com a qual o paciente realiza acompanhamento.
Rede Ebserh

Desde 2016, o HU-UFSC integra a Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal do Ministério da Educação (MEC) responsável pela gestão de 41 hospitais universitários federais em todo o país. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa