Hoje é quinta-feira, 30 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioNOTÍCIAMarina Silva visita Florianópolis e declara apoio a Marquito

Marina Silva visita Florianópolis e declara apoio a Marquito

Em sua fala, Marina destacou a importância do posicionamento do atual deputado estadual pela justiça social e defesa do meio ambiente

A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, declarou apoio à pré-candidatura de Marcos José de Abreu – Marquito (PSOL) a prefeito de Florianópolis, em evento neste final de semana, na capital. Em sua fala, Marina destacou a importância do posicionamento do atual deputado estadual pela justiça social e defesa do meio ambiente, buscando a unidade do campo progressista. “Se Deus quiser, e com o nosso trabalho, ele vai para o segundo turno”, clamou Marina, muito aplaudida pelo público, que lotou o auditório do Castelmar Hotel, no sábado (20).

No início da manhã, Marquito, acompanhado de diversas lideranças políticas, havia levado Marina ao Monte Serrat, no Centro da cidade, para conhecer o trabalho de Padre Vilson Groh e o projeto de turismo de base comunitária local. “Estou muito feliz de termos começado o dia com uma agenda que me tocou profundamente. Lá, com o Padre Vilson, que tem um trabalho de mais de 40 anos, vimos o quanto é possível fazer a diferença em uma comunidade periférica e transformar isso em política pública”, disse Marina, apontada, pela revista Time, como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2024, sendo a única brasileira na lista.

No evento de declaração de apoio de Marina à sua pré-candidatura, Marquito defendeu a necessidade de se colocar no centro o debate programático da cidade, com a defesa da natureza e a garantia de direitos do povo. “E nós temos toda a condição de ganhar, não tenho dúvidas”, afirmou. Marina disse que estará “à disposição para ajudar no programa. E a palavra certa é ajudar porque um programa a gente não faz para as pessoas, a gente faz com as pessoas.” A ministra elogiou o processo de construção participativa do programa de governo que Marquito iniciou, junto ao movimento Floripa Mais Querida, que está reunindo também as pré-candidaturas à vereança da federação PSOL/Rede, além de nomes do PSB.

Marquito, que já tem apoio do PSB, reforçou a necessidade de união dos partidos de esquerda. O campo está aglutinado, especialmente na capital catarinense, desde 2018, quando liderou, no país inteiro, o “Ele, não”, o “ninguém solta a mão de ninguém” e o vira voto em favor de Fernando Haddad (PT). Em 2020, em torno da candidatura do professor Elson Pereira (PSOL), Florianópolis teve a maior frente democrática e popular entre as capitais brasileiras. “Nós, que temos compromisso com a democracia e com um programa para tirar essa cidade da mão de quem só quer vendê-la, não temos o direito de dar um passo atrás. Precisamos pensar numa frente que vai realmente ter um programa para colocar essa cidade em outro rumo. E ainda há tempo.”

Obtendo a concordância de Marina, Marquito ressaltou a assertividade da decisão da federação PSOL Rede de ficar ao lado da candidatura do presidente Lula já no primeiro turno das eleições de 2022. “O resultado está aqui: uma ministra como Marina Silva, uma ministra como Sônia Guajajara e outros ministros e ministras muito qualificados que estão garantindo a democracia de pé neste país. Porque aquele horizonte que combatemos naquele momento ainda existe, seguimos precisando combater o autoritarismo, o negacionismo, o fascismo.”

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa