Hoje é terça-feira, 25 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALMoradores já colhem verduras na Horta Solidária do bairro Lisboa, em São...

Moradores já colhem verduras na Horta Solidária do bairro Lisboa, em São José 

Espaço tem 25 canteiros, sendo 23 tradicionais e 02 com acessibilidade para cadeirantes e deficientes visuais

Já tem verduras sendo colhidas na Horta Solidária do bairro Lisboa, em São José (SC). O espaço foi inaugurado em 28/03 com 2.550 mudas espalhadas em 25 canteiros, sendo 23 tradicionais e 2 com acessibilidade para qualquer criança neurodivergente. Esta é a quinta e maior horta solidária do Município, e fica junto à Capela Nossa Senhora de Fátima, na Rua Coimbra, beneficiando cerca de 50 famílias da região. 

No local crescem brócolis, chicória, repolho, espinafre, beterraba, couve-flor, alfaces lisa, crespa, roxa e americana, almeirão e rúcula. Ainda, a horta ganhou mudas das frutíferas, como limão galego, laranjas sanguínea e imperial variegata, tangerina ponkan, pitanga, grumixama, araçás amarelo e vermelho, cerejas madagascar e rio grande, jaca, acerola, cabeludinha, nêspera, graviola e carambola. 

E a gestão é compartilhada por voluntários, sendo que um dos grupos é a associação de apoio a mães atípicas – Mães que se Apoiam. A presidente-fundadora da entidade, Carla Maria Barbosa Ladwiz, está feliz com o projeto. “Alface, espinafre e couve foram as primeiras colheitas. E já vamos trazer mais mudas de alface e também plantaremos beterraba e alguns chás”, comemora Carla.

A Associação acolhe, informa e profissionaliza mulheres cuidadoras de crianças com deficiência, doença ou neuro diversidades, para que possam ter estrutura para atender a família e as demandas que a criança venha a ter. E trabalhar na horta vai muito além da colheita de verduras. “O que essa horta traz pra gente é um grão de areia, mas que para a gente faz muita diferença, pois é um espaço onde se pode ir sozinha, ou com as crianças, para atividades com famílias”, explica Carla. “Trabalhar nesta horta é uma verdadeira terapia”, completa.

Os dois canteiros com acessibilidade geridos pela entidade foram estruturados para permitir a passagem de cadeira de rodas e, agora, estão recebendo corrimãos. Conforme Carla, depois será instalado piso podotátil. “Toda ideia de inclusão que se busca dentro da sociedade é muito difícil, então, quando fomos convidados para fazer parte da Horta Solidária do bairro Lisboa, nos sentimos muito incluídas”, salienta. 

Realizado pela Prefeitura de São José, o projeto desenvolvido no bairro Lisboa recebeu apoio das empresas Quantum Engenharia e Pauta Distribuição, que atuaram na construção da horta em cooperação com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação. 

Com a sua participação neste projeto, a Quantum Engenharia – referência em Energia Solar Fotovoltaica, Subestações e Iluminação Pública com mais de 30 anos de atuação no mercado – reforça o seu compromisso com os princípios ESG (em inglês Environmental, Social and Governance, que significa Ambiental, Social e Governança), conforme explica a analista ambiental da empresa, engenheira ambiental e sanitarista Amanda Conrado. 

“Muito além do que a tecnologia e as soluções de engenharia elétrica praticadas pela Quantum Engenharia está a preocupação e a importância de conduzir suas atividades priorizando a sustentabilidade e os desdobramentos quanto ao meio ambiente, ao aspecto social e a transparência em seus negócios, caracterizando amplamente a adoção dos princípios ESG. Então é natural, para nós, o engajamento em projetos como a Horta Solidária, em São José”, destaca Amanda.

Horta solidaria ganha corrimão / Divulgação
spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa