Hoje é sexta-feira, 14 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPeças confeccionadas pelas Escolas Profissionais de São José são enviadas ao RS

Peças confeccionadas pelas Escolas Profissionais de São José são enviadas ao RS

Só na Escola Profissional Cândido Amaro Damásio mais de 2 mil peças já foram enviadas. Agora, elas seguem o trabalho com foco nos pijamas de inverno e nas mantas para bebês

Desde os primeiros dias de maio, as alunas do curso de Lingerie da Escola Profissional Cândido Amaro Damásio, localizada no Centro Histórico de São José, estão trabalhando na confecção de lingeries para doar para as vítimas dos municípios afetados pelas enchentes do Rio Grande do Sul. Cerca de 50 alunas do curso de Lingerie e Corte e Costura arrecadaram tecidos para a produção. Nestas três semanas, só nesta unidade mais de 2 mil peças foram enviadas ao estado vizinho.

Movidas pela solidariedade, todas as outras seis escolas profissionais de São José também aderiram a causa e produzem as peças em prol das vítimas. Ao todo estima-se que quase 10 mil peças já tenham sido produzidas. A professora de Corte e Costura da Escola Cândido Amaro Damásio Edna Hilda Eger fala com orgulho e emoção da ação. “Nossa intenção é devolver o mínimo de dignidade às pessoas desabrigadas nas enchentes para que elas possam se sentir mais confortáveis e se mantenham aquecidas na onda de frio”, ressaltou.

A produção deve seguir firme até o meio do ano, o foco agora, além das peças íntimas,é produzir mantas para os bebês e pijama para os adultos e crianças. “Nós vamos continuar enquanto eles precisarem. Com o tempo as pessoas vão esquecendo  e a tendência é que sejam encaminhadas menos doações, por isso vamos manter o foco. O frio está chegando com intensidade e estaremos mobilizadas para produzir peças que possam ajudar”, finalizou.

Escolas Profissionais

Ao todo, as Escolas Profissionais de São José oferecem 14 cursos: artes aplicadas, bordado à mão, bordado à máquina, corte e cabelo, corte e costura, lingerie, macramê, manicure e pedicure, patchwork, pintura em madeira e gesso, pintura em tela, pintura em tecido, porcelana fria – biscuit, tricô e crochê.

Entre os requisitos para participar estão: ser morador ou trabalhar em São José e ter no mínimo 14 anos de idade (completos ou a completar até o início do ano letivo de 2022). As matrículas devem ser realizadas diretamente na Escola Profissional de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 21h. Apenas a Escola Profissional Noeli Henzel Ozol, localizada no bairro Picadas do Sul, possui um horário diferenciado, atendendo das 13h às 21h.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa