Hoje é quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioColuna do EditorPlano A do PL é ser vice de Topázio; Bruno Souza sinaliza...

Plano A do PL é ser vice de Topázio; Bruno Souza sinaliza disputa em 2024; Prefeito de Palhoça no PL e outras notas

Presidente do PL de Florianópolis, Heleno Orlandino Martins revela os planos do partido em 2024 na região Metropolitana; veja também que o ex-deputado Bruno Souza já tem em mente onde vai disputar no ano que vem; Afrânio se licencia e outras notas

Publicidadespot_img

Plano A do PL é ser vice de Topázio

Em entrevista à Jovem Pan News nesta terça-feira (31) o presidente do PL de Florianópolis, Heleno Orlandino Martins, confirmou que o Plano A do partido para as eleições de 2024, na Capital, é compor com o prefeito Topázio Neto (PSD), indicando o vice.

Dito isso, de um critério os liberais não abrem não: o nome escolhido deverá ser super identificado com o conservadorismo. “Queremos alguém que seja do partido, que seja de direita, que se identifique com nossas pautas”, disse, sem revelar nomes. Contudo, ele salientou que até se aceitaria um nome de fora do partido, que venha a se filiar, mas, deve ser identificado com os valores. “Floripa é a Capital do Estado e é uma cidade importante. Não podemos errar”, completou.

Os principais nomes que estão sendo cogitados para indicação nessa chapa são da vereadora Maryanne Mattos (PL), que no caso se encaixa no primeiro exemplo citado por Heleno Orlandino e do vereador Gabrielzinho, que se encaixa no segundo caso, pois precisaria trocar o Podemos pelo PL. Mas, outros nomes correm por fora como dos filhos do governador, Bruno Mello e Felipe Mello. Sei lá, sinceramente, acho que outros nomes surgirão até lá.

Avanço na região

Assessor direto do governador Jorginho Mello, o senhor Heleno Orlandino Martins é responsável pela articulação nos demais 22 municípios que compõem a Região da Grande Florianópolis. O partido já vem ampliando sua participação, com a filiação de prefeitos. No início do governo Jorginho não tinha prefeitos. Agora já filiou os de Governador Celso Ramos, Canelinha, Alfredo Wagner, São Pedro de Alcântara e Rancho Queimado.

No Estado o partido tem atualmente 45 prefeitos, tem 291 vereadores e está com Executivas montadas em 213 municípios. A meta para 2024 é chegar a 100 prefeitos. Com a força da máquina estadual nas mãos de Jorginho essa meta será atingida, suplantando o MDB que deverá deixar de ser o maior partido do Estado. Já na região da Grande Florianópolis a meta é nada humilde: o PL quer governador 80% dos municípios.

Nominata na Capital

Em Florianópolis o PL quer fazer uma nominata forte para eleger mais vereadores. Atualmente conta com Maryanne Mattos e o polêmico Maycon Costa. Além destes, o partido já tem os pré-candidatos Pedro Neves, Gibão (da Federação Catarinense de Cultura), Sargentos Mattos, além do primeiro suplente, Bruno Becker e outros. Quanto ao desentendimento entre Maycon e Sargento Mattos, o presidente do PL, Heleno Orlandino Martins entende que o partido precisará se posicionar. Ele explica que será aguardado a decisão de um processo de investigação instaurado na própria Câmara e depois o partido deverá se manifestar, inclusive, com a possível expulsão de Maycon. “Alguma coisa será feita. Não dá para ficar assim”, comenta.

Freccia no PL

O PL vai apoiar a reeleição do prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia. As articulações estão muito bem adiantadas para num segundo momento o prefeito trocar o Podemos pelo Partido Liberal, engrossando as fileiras do partidão do Governador.

Pragmatismo

Essa estratégia do PL de apoiar a eleição do prefeito Eduardo Freccia que pertence ao grupo político do deputado estadual, Camilo Martins, que governa a cidade há anos, mostra o quanto o partido surfa entre a ideologia extrema dos bolsonaristas de cruz na testa e o pragmatismo do governador Jorginho. O natural naquela cidade seria o partido se alinhar ao projeto do deputado estadual, Sérgio Guimarães, que inclusive já pertenceu ao PL e está apoiando a pré-candidatura de Luciano Pereira (PSD) tendo a esposa do deputado como vice. Ao apoiar Eduardo, o governador se aproxima de Camilo, atual presidente da CCJ da Alesc. Pragmatismo puro!

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

PL e PP em São José

Já em São José o PL tem a ex-prefeita Adeliana Dal Pont como pré-candidata a prefeita. O projeto já tem tabulada a aliança com o PP. Quanto a possibilidade de unir o voto conservador num só projeto, oferecendo a vice ao Novo, atraindo o ex-deputado Bruno Souza, o presidente do PL, Heleno Orlandino Martins vê com olhar pessimista. Entende que o ex-deputado tem seu projeto e não vai aceitar ser vice. O dirigente não esconde a frustração com Souza, que recusou lá atrás o convite para ingressar no PL. “O Bruno perdeu o bonde”, resume.

Bruno em São José

Por falar em Bruno Souza, o ex-deputado confirmou a este colunista sua vontade em disputar a prefeitura de São José. “Ficaria honrado em concorrer em São José. Empreendi minha vida inteira em São José, lá pago impostos e acho que posso contribuir”, comenta. Ele se coloca como a alternativa na disputa entre dois concorrentes do mesmo grupo político, no caso o prefeito Orvino e a ex-prefeita Adeliana. O ex-deputado ainda entende que o Novo de São José é um dos mais bem organizados do Estado, inclusive participou recentemente de um jantar com adesão com mais de 150 presentes, realizado no município.

Ex-deputado Bruno Souza

Fora do baralho

Ao passo que confirma que quer disputar em São José o ex-deputado Bruno Souza descarta por completo envolver-se com seu nome na disputa majoritária em Florianópolis. Isso não quer dizer, continua, que não continuará ofertando seus posicionamentos sobre temas relevantes através das redes sociais. Cito como exemplo postagem recente sua sobre a greve da Comcap, que lhe rendeu o bloqueio nas redes do prefeito Topázio Neto (PSD).

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Professor Pedro Cabral é empossado na Capital

Foi realizada na tarde desta quarta-feira (1º de novembro), a posse do vereador Pedro Cabral (PSOL), que substitui, por um período de 30 dias, o vereador, agora licenciado, Afrânio Tadeu Boppré.  A ação já havia acontecido antes, em 2018, onde já havia ocupado uma cadeira no Legislativo da Capital pelo mesmo período de dias.

Professor Pedro Cabral é natural de Florianópolis e formado em Educação Artística pela UDESC, além de contar, também, um mestrado na UFSC, e um doutorado na USP.

Dentre as bandeiras levantadas pelo Professor, estão as de justiça social, de educação e diversidade. “É o exercício da cidadania. Estou aqui porque estamos vivendo na democracia, e quem sustenta essa democracia são os poderes do Judiciário, Legislativo, e o Executivo. Temos várias propostas, mas uma das que temos é a respeito da dependência tecnológica, e como essa dependência vem sendo utilizada contra os professores. A minha presença na Câmara é para tentar trazer, durante esse mês, o contrário do discurso, mostrando que a tecnologia vem para nos ajudar, e não para acabar com a nossa vida”, é o que destaca o vereador.

Posse do suplente do PSOL

Antigo conhecido

De acordo com o vereador Afrânio, sua parceria profissional com o vereador Pedro cresceu dentro da equipe da Secretaria de Educação, e nas atividades parlamentares. “Eu entrego o mandato para o Professor Pedro Cabral, e tenho absoluta certeza de que ele vai preencher esse espaço com muita inteligência, com muita garra e muita alegria”.

A presidente estadual do Psol de Santa Catarina, Léia Medeiros, afirma que a ação trará debates necessários para dentro da Casa Legislativa. “O professor Pedro Cabral foi nosso 2º Suplente em 2020, em Florianópolis. Isso é bom, porque muda um pouco a formação da Câmara de Vereadores. O professor traz consigo uma bagagem na educação, na cultura, na diversidade, e isso, com certeza, vai aumentar e enriquecer ainda mais o debate dentro do espaço legislativo”, alega a presidente.

Emissário Terrestre

O presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente, Marcos José de Abreu, o Marquito (PSOL) está convidando para Audiência Pública objetivando Discutir os Impactos da Obra de Implementação do Emissário Terrestre no Bairro Saco dos Limões, que será realizada no dia 16 de novembro, às 18h15min, no Centro Social Urbano – Rua João Motta Espezim, 783, Saco dos Limões – Florianópolis, 88045-401.

Solução de conflitos

Acontece nos dias 7 e 8 de novembro de forma online, o Seminário de Métodos Adequados de Solução de Conflitos, destinado a pessoas físicas e jurídicas que usam ou querem utilizar conciliação, mediação e arbitragem para resolver seus problemas, sem ingressar na justiça, acadêmicos de direito e profissionais da área. O evento conta com dois painéis com inscrições gratuitas, basta acessar o site www.fecema.ogr.br

SERVIÇO

O que: Secmasc – Seminário de Métodos Adequados de Solução de Conflitos

Quanto: 07 e 08 de novembro

Inscrições: www.fecema.ogr.br

Gratuito de Forma Online

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber esse conteúdo no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa