Hoje é quarta-feira, 24 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioNOTÍCIAPolícia investiga roubo de veículos e extorsão na Grande Florianópolis e prende...

Polícia investiga roubo de veículos e extorsão na Grande Florianópolis e prende 4 pessoas

O roubo ocorreu após uma simulação de encontro pelo aplicativo Tinder

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, com apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, deflagrou a operação “Tinder”. O objetivo da operação é desarticular um grupo criminoso responsável pelo roubo de veículos e extorsão dos proprietários para devolução dos mesmos.

O roubo ocorreu após uma simulação de encontro pelo aplicativo Tinder, quando a vítima foi rendida após se dirigir ao local indicado pela autora, cujo contato inicial ocorreu por meio do aplicativo de relacionamento.

No caso presente, após a vítima encontrar a suposta pretendente, foi orientada a ir até um local ermo próximo das obras do contorno viário, na cidade de Palhoça, onde foi rendida por outros três indivíduos armados.

Os criminosos mantiveram a vítima dentro do veículo, uma Land Rover Discovery, onde a ameaçaram com armas de fogo e a obrigaram a realizar operações bancárias através do aplicativo bancário instalado no smartphone roubado, além de uma máquina de cartão pertencente a uma empresa de um dos envolvidos na ação criminosa.

Após os fatos, abandonaram a vítima em um local ermo em Palhoça e subtraíram o veículo, o smartphone e dinheiro em espécie. Até o momento, permanecem exigindo dinheiro para uma eventual devolução do veículo. Este grupo é suspeito da prática de outras duas ações criminosas semelhantes na região da Grande Florianópolis.

Durante as diligências, foram identificados alguns autores diretos e beneficiários do esquema criminoso, resultando no cumprimento de dez mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão temporária nas cidades de Florianópolis, Palhoça e Cachoeira do Sul (RS). Um material considerável foi apreendido e será submetido à análise pela Polícia Científica. A investigação continua com o objetivo de qualificar os demais integrantes deste grupo criminoso.

A ação contou com o apoio operacional das Delegacias Especializadas da DEIC e da 20ª Delegacia Regional de Cachoeira do Sul – RS.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa